Nubank anuncia sistema que busca melhores preços de criptos e implanta USDC no portfolio

O Nubank Cripto anunciou, nesta terça-feira (5), novas soluções para os clientes. Uma delas é a implantação de um sistema de roteamento para seleção de provedores de liquidez, que busca as melhores cotações de criptos entre diferentes plataformas, para atender aos pedidos de compra e venda dos seus clientes. O objetivo é reduzir os custos das transações. Para aumentar sua competitividade nesse mercado, o banco digital também informou que neste ano reduziu a taxa sobre as transações para 0,9%, uma redução de 40%.

Além disso, hoje começou a oferecer a stablecoin USDC, pareada ao dólar. É a décima quinta cripto no portfolio e a oferta será de forma gradual para os clientes. E no primeiro trimestre de 2024, vai permitir saques e depósitos de cripto nas carteiras cripto do banco digital, de acordo com Thomaz Fortes, diretor executivo do Nubank Cripto. Quanto à redução das taxas de transações, a ideia é manter no patamar atual.

Essas ações acontecem em meio ao que o Nubank considera uma consolidação da base de clientes em criptos em 2023. O serviço chegou em 2022 e agora tem cerca de 1,6 milhão de usuários ativos, ou seja, com saldo ou negociação nos últimos 30 dias. As transações em 2023 somaram R$ 1,5 bilhão. Dos cerca de 90 milhões de clientes, 51 milhões (57%) têm contato com cripto. Desses, 5,2 milhões (12%) são o que o banco chama de “cripto visionários”, com alto conhecimento sobre o tema e que podem ser evangelizadores. O banco quer todos negociando na casa.

Busca por preços em mais de 60 parceiros

O sistema de roteamento para seleção de provedores de liquidez é uma parceria com a Talos, que conecta em torno de 60 parceiros para liquidação de operações em criptomoedas no aplicativo. Assim, o Nubank Cripto terá a Paxos, com quem trabalha desde o início e que fornece infraestrutura para o banco digital, e agora essa rede. Só que na Talos não há fluxo financeiro, só algoritmos funcionando, explicou Fortes. O serviço já chegou a todos os clientes de cripto e é fundamental, afirmou Luan Fleck, líder sênior de produtos do Nubank,

Nela há instituições que permitem negociação de câmbio, cripto no mercado spot, contratos futuros, perpétuos e opções – as bolsas de Chicago estão na rede. “À medida que o Nubank cresce na América Latina, os serviços da Talos podem se expandir para apoiar os clientes em outros países e moedas no futuro”, disse Anton Katz, CEO e co-fundador da Talos.

Nubank agora oferece 15 criptos

Em relação à USDC, é um produto com várias utilidades de uso, afirmou Fortes. Funciona como acesso mais fácil ao dólar e proteção contra inflação, afirmou. A escolha pela cripto da Circle tem relação com pontos como seus parceiros, como a BlackRock na gestão da reserva e o banco New York Mellon na custódia, e o fato de ter lastro e em dólar, e não ser uma stablecoin algorítmica. Outro ponto que o Nubank considera importante é que a cripto é regulada pela autoridade de finanças de Nova York.

Para Luan Fleck, a USDC “é fundamental para os próximos casos de uso e democratização do acesso a moeda estrangeira”. O banco digital estuda integrações futuras com outros serviços no app. Em finanças descentralizadas (DeFi), as stablecoins em dólar são fundamentais porque evitam a variação das criptomoedas não lastreadas.

O acordo com a Circle inclui campanhas conjuntas de educação sobre a stablecoin no mercado brasileiro. “Continuamos a presenciar uma forte demanda em toda a América Latina pelo acesso ao dólar digital, especialmente no Brasil, que tem se destacado como uma força motriz para o uso e adoção de criptomoedas na região”, afirou Jeremy Allaire, CEO e co-fundador da Circle.

Saque e depósito na conta de criptos do Nubank

Em relação à possibilidade de saques e depósitos da carteira de criptos do Nubank, o banco não deu maiores detalhes. Com isso, vai dar mais liberdade aos clientes e atuais e poderá atrair quem está em outras plataformas.

De acordo com o diretor executivo do Nubank Cripto, uma característica forte dos clientes é que mantêm as criptos em carteira, mesmo quem faz negociações com frequência. A média de investimento é assimétrica, segundo ele. Em 2023, algumas das outras ações da área incluem parceria com a Fireblocks para custódia de criptos integração com a Chainalysis para prevenção a fraude e lavagem de dinheiro.

Além disso, adicionou 11 criptos, incluindo a USDC e houve integração com a Nucoin, usada no programa de fidelidade e que te 13 milhões de usuários. Outras funções que acrescentou na plataforma cripto envolvem alertas de preços, compras programadas e melhorias nos gráficos de desempenho das criptos, incluindo informações das que estão sendo mais negociadas. A ampliação da área depende de fatores como a regulação dos provedores de serviços de ativos digitais que o Banco Central (BC) está preparando.

O banco, segundo Fortes, acredita nos próximos 10 anos, “blockchain vai mudar todo o sistema financeiro. E isso está dentro da estratégia do Nubank de ser uma ‘money platform'”. E para o banco digital, essa nova etapa significa construir uma fintech-instituição financeira envolve desenvolver uma infraestrutura de operação do sistema (backend). Isso inclui, por exemplo, registro e custódia em blockchain.

Blockchain e “money platform”

A estratégia de uso de blockchain do Nubank considera também a visão de que em dez anos, haverá maior interoperabilidade entre redes. Isso inclui as das moedas digitais de bancos centrais (CBDCs). Isso facilita a expansão geográfica dos serviços financeiros, completou Fortes.

O Nubank está participando do piloto do Drex, Dos 16 consórcios, o do Nubank é um dos quatro que já testaram a rede, segundo Fleck. O banco digital está testando casos de uso. Segundo Fortes, por enquanto não se pensa em entrar em tokenização de ativos, embora essa seja uma aposta para o futuro. O foco agora é no piloto do real digital, em que se testa tokenização de títulos públicos federais, completou o executivo.

Compartilhe agora

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *