Mercado de Criptomoedas por TradingView

Santos lançará fã token que remunera pela transferência de jogadores como Neymar Jr.

Santos espera que token contribua para resolver crise financeira. Foto: Gabriel Ramos, Pixabay.

Agora quem lança o fã token é o Santos. O time paulista lançará, na próxima terça-feira (26), sua criptomoeda. Neste caso, quem comprar ter´á remuneração com base nos valores de transferências de 12 jogadores do grupo de Meninos da Vila, incluindo Neymar Jr.. O Mercado Bitcoin Digital Assets (MBDA) é que transformou esses direitos em tokens.

Essa remuneração se refere ao mecanismo de solidariedade da Federação Internacional de Futebol (Fifa). Por esse mecanismo, até 5% sobre cada transferência do jogador deve retornar ao clube que o formou entre os 12 e 23 anos. Assim, sempre que houver uma transferência onerosa desses 12 jogadores, haverá a remuneração.

Haverá cerca de 600 mil do token do Santos, ao custo de R$ 50 na oferta inicial, num total de R$ 30 milhões. Será, portanto, mais uma receita para o time de Pelé e Neymar Jr., que em 2020 chegou a uma de suas piores crises financeiras. As dívidas atingiram R$ 572 milhões, com boa parte vencendo neste ano, e um faturamento em queda que chegou a R$ 175 milhões.

Dessa forma, o Santos entra num grupo de times como São Paulo, Corinthians, Cruzeiro e Atlético mineiro que lançaram tokens. E que seguem um movimento internacional que inclui, por exemplo, o Roma, o Barcelona e o Paris Saint-German (PSG). Porém, nem todos dão os mesmos direitos. Há alguns que ofecerem, por exemplo, direito de voto em determinados assuntos do clube a quem tem o token.

Token pode ajudar Santos a acertar suas contas

De acordo com Rafael Soares, executivo de marketing do Santos FC, o mecanismo de solidariedade é uma oportunidade de trazer para o certo uma receita que outrora seria incerta para o Clube”. “Contamos com o apoio da nossa imensa torcida para que o produto seja um sucesso e possamos seguir nesse caminho de reestruturação financeira”, completou.

Os 12 jogadores que o token do Santos cobre são Alan Patrick (Shakhtar Donetsk da Ucrânia), Alex Sandro (Juventus de Turim), Caio Henrique e Jean Lucas do Monaco (França), Emerson Palmieri, (Olympique Lyon), Gabriel Barbosa e Gustavo Henrique do Flamengo, Kaio Jorge (Juventus, Itália), Lucas Veríssimo (Benfica, Portugal), Neymar Jr. (Paris Saint-Germain); Rodrygo Goes (Real Madrid) e Yuri Alberto (Internacional, Brasil).

Para Ronaldo Faria, diretor do MBDA, “o Token da Vila deve atrair não apenas torcedores santistas. “O Santos sempre manteve essa tradição de revelar craques, como os que estão no token, e isso fortalece muito a proposta de nosso produto’’, afirmou. As empresas acreditam que a cesta de jogadores é o diferencial desse token, em especial em 2022, com a Copa do Mundo.

Desmistificar token é um dos desafios, diz advogado

Segundo o advogado Rodrigo Borges, sócio da CB Associados e que deu suporte à tokenização, um dos grandes desafios nesses casos é desmistificar o assunto. Isso porque é uma modalidade de captação de recursos bastante recente. “Além disso, é fundamental repassar a estrutura dos tokens e os eventuais direitos por eles representados, para que possamos ter a segurança sobre a não caracterização dos mesmos como valor mobiliário”, completou.

Se um token é visto pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM) como um valor mobiliário, ou seja, um investimento financeiro que gera remuneração, não pode operar no país, ainda.

Nos quatro primeiros meses de oferta primária do Token da Vila, o token custará R$50,00 cada. Depois disso, começará o mercado secundário, portanto, vale a oferta e demanda do mercado na definição do preço. A compra é pelo site www.tokendavila.com.br .

Compartilhe agora

1 comentário em “Santos lançará fã token que remunera pela transferência de jogadores como Neymar Jr.”

  1. Pingback: Santos releases transfer token for players like Neymar Jr. | EmergingCrypto.io

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.