Ripio recebe autorização para operar na Espanha

Com Espanha, Ripio estará na União Europeia.

A argentina Ripio recebeu autorização do Banco da Espanha para serviços de negociação entre criptomoedas e moeda fiduciária. Além disso, a plataforma também recebeu autorização para fazer custódia de carteiras digitais. Até agora, a empresa tinha na Espanha um escritório e uma representante.

“Depois de muito trabalho! Finalmente a Ripio foi aprovaa par operar na Espanha”, postou o CEO e cofundador da empresa, Sebastián Serrano. Além de operar em países da América Latina, a empresa também está iniciando uma operação nos Estados Unidos (EUA).

Ao entrar na Espanha, basicamente a Ripio está apta para operar dentro das regras para criptos dos 27 países da União Europeia. Isso porque essas regras estão sendo consolidadas numa única. A MiCA, que trata de questões como licenças para operadores, conceitos de criptos e proteção ao consumidor, por exemplo, entra em vigor em 2024.

Nos EUA, obteve autorização do regulador do estado da Flórida e é a única latino-americana do setor com essa aprovação. O estado é um dos hubs de criptos dos EUA e um dos pontos de concentração de latino-americanos. O objetivo é fazer a ponte financeira, com criptos, entre o mercado norte-americana e o latino-americano.

Uma outra exchange de criptomoedas na Europa é o Mercado Bitcoin, que comprou uma empresa do setor em Portugal.

De acordo com Matías Dajcz, vice-presidente do serviço de mercado de balcão (OTC) da Ripio, o Ripio Select, a empresa movimenta hoje, no total, cerca de US$ 200 milhões ao mês. Disso, a Ripio Select responde por em torno de 45%. O serviço está na Argentina, que representa em torno de 70%, nos EUA, no Brasil (com em torno de 10%) e chegou em abril passado no Uruguai.

Compartilhe agora

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *