Claudia Mancini
é jornalista e cientista política, especializada em negócios, blockchain e economia digital

Hacker tira US$ 120 milhões de usuários da BadgerDAO, de finanças descentralizadas

Ataque teria sido na interface do usuário e não no contrato central do protocolo.

A BadgerDAO, um protocolo de finanças descentralizadas (DeFi), sofreu um ataque cibernético que retirou US$ 120,3 milhões (cerca de R$ 600 milhões) de seus usuários. De acordo com a PeckShield, que faz anáise de dados em blockchain, foram cerca de 2,1 mil bitcoins e 151 ethers.

Com isso, na madrugada de hoje (2), o protocolo paralisou todos os contratos inteligentes (smart contracts) para evitar novos roubos, de acordo com a empresa no Twitter.

A BadgerDAO é uma organização autônoma descentralizada (DAO), uma nova forma de organizar negócios que blockchain permite. Quem gerencia a DAO é quem tem o token BADGER token. Nas DAOs não há, portanto, centralização de poder e hierarquia como conhecemos.

Além disso, nas DAOs as regras de governança estão em códigos em programas de computador. Assim, funcionam principalmente por meio de programas de computadores, com pouco ou nenhum controle de humanos. Bitcoin é considerada não apenas a primeira, mas a maior importante e genuína DAO que existe.

Os primeiros sinais do ataque apareceram no final da noite de ontem. Pelos comentários nas redes sociais, aparentemente o ataque não foi nos protocolos centrais, mas na interface com o usuário. Quem foi afetado, teria recebido pedidos extras de autorização de operações que na verdade foram a porta de entrada do hacker.

A empresa informou no Twitter que vai manter sua comunidade informada sobre as investigações.

0 Comentários

Deixe um comentário

XHTML: Você pode usar estas tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>