Claudia Mancini
é jornalista e cientista política, especializada em negócios, blockchain e economia digital

Termina hoje mais um leilão de NFT de obra de Beeple; valores irão para projeto ambiental

Diem dólar é uma ponte até chegar a moeda digital dos EUA, diz economista-chefe. Imagem: Pete Linforth, Pixabay.

Começou no sábado (20) e termina hoje (22) mais um leilão com uma criptoarte de Mike Winkelmann, o Beeple. Desta vez, o artista digital participa de uma ação com outros sete artistas digitais. Os valores das vendas irão para o combate à mudança climática.

Os organizadores afirmam que a ação será neutra em carbono. Isso porque cada artista vai 60 compensações de carbono da Creol.io. E o dinheiro arrecadado nas vendas vai ser doado para beneficiar o projeto de conservação florestal Madre de Dios no Peru.

Beeple é o artista digital que vendeu, no último dia 11, o NFT (token não fungível) “Everydays: The First 5000 Days” pelo recorde de US$ 69 milhões (cerca de R$ 490 milhões).

No leilão em curso, às 9h30 desta segunda-feira, sua obra Ocean Front já tem um pedido por US$ 1,555 milhão (cerca de R$ 10 milhões). Mas, os valores de outros artistas estão bem abaixo disso.

O leilão que termina hoje acontece na Nifty Gateway, uma das maiores plataformas de venda de NFT. O valor arrecadado irá para a The Open Earth Foundation. A fundação, sem fins lucrativos, busca incentivar as novas tecnologias digitais em ações ambientais.

Além de Beeple, participam da ação os artistas Sara Ludy, Refik Anadol, Andrés Reisinger, Fyckrender, GMunk, Kyle Gordon e Marple Mieke. O leilão é organizado pela Social Alpha Foundation, que tem foco em blockchain. E há ainda o apoio da RNDR, uma plataforma de tokenização.

0 Comentários

Deixe um comentário

XHTML: Você pode usar estas tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>