Claudia Mancini
é jornalista e cientista política, especializada em negócios, blockchain e economia digital

Ripple e SEC se encontrarão para pré-julgamento do caso XRP em fevereiro

XRP caiu do terceiro para o quinto maior market cap das criptos. Foto: Miloslav Hamřík, Pixabay.

O  Tribunal Distrital dos Estados Unidos para o Distrito Sul de Nova York decidiu que a Ripple e a Securities and Exchange Commission (SEC) fazão uma teleconferência de pré-julgamento no próximo dia 22 de fevereiro.

Para isso, até o dia 5 de fevereiro, as duas partes deverão apresentar uma carta com os seguintes pontos: uma breve descrição do caso, com as bases legais de acusação e defesa e as perspectivas de acordo. Além disso, a carta terá de trazer um plano de gerenciamento do caso.

A teleconferência foi comunicada na última terça-feira (29. No mesmo dia, a Ripple, criadora do token XRP, prometeu que vai apresentar sua defesa à SEC nas próximas semanas. E afirmou também, num comunicado, que a imprensa e o público em geral não estão levando em conta sua defesa no processo que a reguladora abriu contra a empresa.

XRP: Cripto ou investimento?

A SEC alega que o XRP é um investimento e não uma criptomoeda. Dessa forma, deveria ser regulado. A Ripple rebateu que em sua defesa irá “abordar as alegações sem comprovação”.

A empresa soltou um comunicado atacando a cobertura do caso, mas não apresentou, no comunicado, seus principais pontos de defesa. Foi a própria Ripple que contou ao The Wall Street Journal que a SEC abriria um processo contra ela. Assim, usou o ataque em sua defesa. Além disso, soltou um comunicado e indicou links com seus argumentos, que foram replicados pela mídia.

Em meio à queda vertiginosa da cotação da XRP, a empresa disse que a decisão da SEC é um ataque a todo o setor. Além disso, está prejudicando detentores da XRP, exchanges, formadores de mercado e traders. De acordo com o comunicado, a Ripple diz que sempre alertou sobre “uma perigosa falta de clareza regulatória para criptos nos Estados Unidos”.

Ripple opera em outros países

Enquanto isso, disse a Ripple, sua operação continuará normalmente nos EUA e em outros mercado. Dentre eles estão Reino Unido, Japão, Suíça e Singapura, onde as regras são mais claras.

A empresa disse ainda que espera poder trabalhar com os novos comissários e lideres da SEC, quando forem nomeados. Os principais executivos do órgão regulador deixaram o órgão nos últimos dias, inclusive o presidente que iniciou o processo contra a Ripple

Às 19h57 de hoje (3), a XRP era negociada a US$ 0,229, queda de 20,76% em uma semana. O market cap caiu do terceiro para quinto lugar nos últimos dia e estava em US$ 10,24 bilhões.

Mais sobre a disputa com a SEC em:

“Disputa entre SEC e Ripple pode trazer clareza jurídica ao setor”, diz advogado

SEC processa Ripple e dois executivos; reguladora quer aplicar penalidades por causa do XRP

CEO da Ripple diz que está pronto para lutar contra SEC para defender XRP como criptomoeda

0 Comentários

Deixe um comentário

XHTML: Você pode usar estas tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>