Claudia Mancini
é jornalista e cientista política, especializada em negócios, blockchain e economia digital

Sandbox do Banco Central: inscrições começam em fevereiro e até 15 empresas serão escolhidas

Sandbox do BC servirá para testes de soluções inovadoras. Foto: Pixabay

O Banco Central (BC) vai escolher de 10 a 15 empresas para participar do chamado ciclo 1 de seu sandbox. De acordo com a Resolução 50, do dia 16, as inscrições para participar serão de 22 de fevereiro a 19 de março de 2021. Já o período de seleção vai de 22 de março a 25 de junho do próximo ano. Depois disso, em julho, devem começar os testes.

Conforme divulgado anteriormente, o BC busca soluções com foco em nove áreas. Dentre elas, estão mercado de câmbio e fomento ao mercado de capitais com sinergia com o mercado de crédito.

Além disso, o banco também está interessado em soluções de fomento ao crédito para micro e pequenas empresas, para open banking e Pix. Outras soluções incluem ainda crédito rural, aumento de competição, inclusão financeira e finanças sustentáveis.

O sandbox vai durar um ano. Portanto, nesse período, as empresas farão testes controlados de inovações financeiras e de pagamentos. As novas tecnologias, como blockchain, poderão estar entre as soluções testadas.

De acordo com o banco, se o número de inscritos for igual ou superior a 15, o banco pode prorrogar os prazos de inscrição e seleção. Essa prorrogação será de até 90 dias.

A autorização para realização do sandbox ocorreu em outubro deste ano. Além do sandbox, do Banco Central, há também o da Comissão de Valores Mobiliários (CVM) e o da Superintendência de Seguros Privados (Susep).

0 Comentários

Deixe um comentário

XHTML: Você pode usar estas tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>