Claudia Mancini
é jornalista e cientista política, especializada em negócios, blockchain e economia digital

Tesouro britânico abre consulta pública sobre regulação de criptoativos e stablecoins

Regulação para criptoativos tem sido discutido desde 2018 no país. Foto: Pixabay.

Ontem (7), o tesouro do Reino Unido abriu uma consulta pública sobre regulação para criptoativos e stablecoins (moedas estáveis). “Vamos adotar uma abordagem ágil, guiada pelo risco, sob o princípio de “mesmo risco, mesmo resultado regulatório”, diz o secretário de economia do Tesouro, John Glen, no documento.

Essa é a segunda consulta que o governo britânico faz sobre regulação de criptoativos. Na primeira, o assunto foi a promoção de criptos na regulação financeira. O processo terminou em outubro passado. Mas, o Tesouro ainda não divulgou os resultados. O governo decidiu fazer essas chamadas em março de 2020.

Quem quiser participar desta segunda consulta, devem enviar suas opiniões até o próximo dia 21 de março. Ela está começando na mesma semana em que o tesouro dos Estados Unidos (EUA) confirmou que os bancos do país podem ser nós em redes blockchain e operarem pagamentos com moedas estáveis.

Regulação para proteção

Embora o principio da tecnologia e das criptomoedas seja o de evitar intermediários e regulações, elas estão pipocando pelo mundo. Isso porque receio é sempre de que tesouro e bancos centrais percam o controle do valor de moedas fiat e do sistema financeiro. Dessa forma, colocariam ambos em risco e, por tabela, os consumidores e as economias.

Segundo o tesouro britânico, seu objetivo é proteger o sistema, mas também promover os benefícios de novas tecnologias. Além disso, quer entender o uso de criptoativos em investimentos e no atacado financeiro e o uso de blockchain no mercado de capitais.

Cenário mudando rápido

O documento cita o lançamento da força-tarefa, em 2018, para estudar o rápido desenvolvimento do mercado de criptoativos, assim como o uso de tecnologias de registro distribuído (DLT) em diferentes setores.

“Dois anos se passaram e o cenário está mudando rapidamente. As chamadas stablecoins podem pavimentar o caminho para pagamentos mais rápidos e baratos, tornando mais fácil para as pessoas fazer pagamentos ou guardar o dinheiro”, completa o secretário.

Ele afirma ainda haver evidência crescente de que DLT poderia ter benefícios significativos para mercados de capitais, gerando uma mudança potencial fundamental da maneira como operam”, completa o secretário.

0 Comentários

Deixe um comentário

XHTML: Você pode usar estas tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>