Mudanças nos pedidos de ETFs de bitcoin spot e fala de presidente da SEC mantém mercado em alvoroço

Gensler, da SEC, fala de riscos de criptoativos.

Cada movimento da Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unidos (EUA) e das instituições que pediram aprovação de ETFs de bitcoin spot causam alvoroço no mercado de criptomoedas. E assim, ajudam a criar mais expectativa ainda sobre as liberações e a manter a cotação da moeda digital na faixa de US$ 46,8 mil. Hoje (9), por exemplo, instituições que estão na fila das aprovações, como BlackRock (BLK), VanEck, e Grayscale protocolaram alterações em suas demandas. Até o presidente da SEC, Gary Gesler, tem feito declarações que animam o mercado.

A data final para aprovação de 10 de janeiro de 2024, na verdade, é para o ETF da ARK com a 21Shares. Para boa parte do restante o prazo final é março, incluindo a BlackRock. Outros seriam em abril, maio e agosto. O da Hashdex, por exemplo, está na lista de maio. Acontece que há uma expectativa de que mais de um, ou até todos, tenham aprovação neste mês.

Em relação aos pedidos de alterações, o entendimento é o de que isso mostra que a SEC está exigindo as mudanças fazer as aprovações. Portanto, está negociando com as empresas. Ontem, a notícia do dia foi a de que as instituições divulgaram suas taxas de operações para os ETFs, que em geral são baixas. Isso e o relógio correndo ajudaram a fazer o bitcoin superar até os US$ 47 mil, como mostra os dados da Trading View no Blocknews.

As alterações desta terça-feira incluem termos que buscam dar maior proteção aos cotistas dos fundos em caso de insolvência das instituições. Além disso, buscam evitar conflitos de interesses entre os chamados participantes autorizados dos ETF. No caso dos ETFs de bitcoin spot, entre elas estão Goldman Sachs e JP Morgan.

Esses participantes podem emitir ou resgatar cotas e podem comprar os ativos em que os fundos se baseiam. Que neste caso são bitcoins. Dessa forma, permitem a criação das cotas, dando liquidez ao produto, que é um fundo negociado em bolsa.

Em meio a tudo isso, Gary Gensler, fez declarações na rede X alertando sobre os riscos de investir em criptoativos, tanto em relação a fraudes, quanto à volatilidade. “Algumas coisas para ter em mente se você está considerando investir em criptoativos: investimentos em criptoativos podem ser excepcionalmente arriscados e em frequentemente voláteis. Várias plataformas e criptoativos grandes ficaram insolventes e/ou perderam valor. Os investimentos continuam sujeitos a riscos significativos”.

No meio disso tudo, os negociadores de derivativos também estão se armando. Os valores em contratos futuros de bitcoin desde outubro aumentaram e saltaram para US$ 19,2 bilhões no começo de dezembro passado, informou a Reuters citando a Coinglass. Agora está entre US$ 17 bilhões e US$18 bilhões. A faixa de variação na maior parte de 2023 foi de US$ 9,5 bilhões a US$ 14,5 bilhões.

I

Compartilhe agora

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *