Justiça dos EUA negocia acordo de US$ 4 bi com Binance e CZ, diz Bloomberg

Binance e CZ enfrentam também SEC e CFTC.

O Departamento de Justiça dos Estados Unidos (EUA) está pedindo mais de US$ 4 bilhões (cerca de R$ 20 bilhões) da Binance em troca de um acordo para encerrar uma investigação da maior bolsa de criptomoedas do mundo e seu cofundador e CEO da empresa, Changpeng Zhao (CZ). A investigação é sobre fraude bancária, violações de sanções e lavagem de dinheiro. A informação foi veiculada pela Bloomberg, que citou pessoas próximas ao assunto.

Mas, apesar do acordo, CZ pode enfrentar acusações criminais. CZ tem residencial nos Emirados Árabes Unidos, atualmente, que não tem acordo de extradição com os EUA. Nem o Departamento de Justiça e nem a Binance comentaram a informação sobre o acordo.

Com a notícia, no início da tarde desta segunda-feira (20), a cripto BNB da Binance saltou da faixa de US$ 245 para a de US$ 263 em apenas 15 minutos.

Além da investigação do Departamento de Justiça, a Binance enfrenta um processo na Commodity Futures Trading Commission, alegando que a exchange deu acesso ilegal a clientes dos EUA. Na Comissão de Valores Mobiliários, a SEC, a empresa e CZ são alvo de 13 acusações civis que envolvem, por exemplo, conflitos de interesses, falta de transparência e descumprimento de leis. A empresa disse que contestaria as acusações das duas instituições.

Compartilhe agora

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *