Claudia Mancini
é jornalista e cientista política, especializada em negócios, blockchain e economia digital

Presidente da SEC pede, de novo, mais poder para regular criptomoedas

Fundador e CEO global da Bitso se mudou para o Brasil.

Em mais um movimento que indica desconforto dos reguladores dos Estados Unidos (EUA) com criptomoedas, Gary Gensler, presidente da Comissão de Valores Mobiliários do país (SEC), disse hoje (3) que o setor é parecido com o “Wild West” (Oeste Selvagem) e que há casos de fraudes, pirâmides e abusos”.

Portanto, ao dizer que falta proteção aos usuários, mais uma vez indicou que espera ter mais controle sobre esse mercado. E para isso, precisa que o Congresso lhe dê mais poderes para “supervisionar um vasto e em constante evolução mercado de criptomoedas”.

Suas declarações aconteceram duas semanas depois de um encontro dos reguladores dos EUA sobre moedas estáveis (stablecoins). Nessa reunião, a decisão foi a de o país trabalhar rapidamente num marco regulatório para essas criptos, segundo a secretária do Tesouro, Janet Yellen, que convocou o encontro. Além disso, o próprio Congresso americano está estudando e discutindo como o país deve lidar com os criptoativos.

Gensler é um estudioso de criptomoedas. Tanto que dava aulas de blockchain, criptos e tecnologias financeiras no Massachusetts Institute of Technology (MTI). Mas, isso não siginfica que gosta e por isso, aceita qualquer tipo de mercado. Essa não é a primeira vez que pede ao Congresso mais poder para regular o mercado de criptomoedas.

Além disso, já disse que há algumas regras relacionadas a ativos digitais que estão bem colocadas, por exemplo, as que decidem se uma cripto é uma security. Porém, afirma que há falhas que permitem atividades fora da regulação e é preciso mais proteção dos investidores, tem dito. Por outro lado, também já fez declarações em que defendeu a diferença entre criptomoedas e esquemas de pirâmide.

Suas declarações desta terça-feira aconteceram no Aspen Security Forum.

0 Comentários

Deixe um comentário

XHTML: Você pode usar estas tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>