SEC aprova pedidos de bolsas para oferta de 8 ETFs de ETH à vista; falta agora os dos emissores

A Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unidos (SEC) aprovou, hoje (23), a oferta de fundos de ether spot por bolsas de valores, os (ETFs de ETH). Falta agora aprovar os pedidos de nove emissores, o que parece não ter data para acontecer. Entre os emissores estão instituições como BlackRock, Fidelity, Ark/21Shares, Invesco/Galaxy e VanEck, que já atuam com ETF de bitcoin à vista desde janeiro passado, quando a SEC deu a autorização para o produto, um marco para o mercado cripto e finaneiro.

Com isso, a segunda criptomoeda de maior valor de mercado sobe mais um patamar na diversificação de possíveis negócios com o token. O mercado espera um sucesso como o do bitcoin, mesmo que não nos mesmos valores, por conta da diferença de preços.

“A aprovação de hoje pela SEC dos EUA não apenas consolida a legitimidade do Ethereum como um ativo, mas também aumenta o status, a acessibilidade e o potencial de crescimento do ecossistema de ativos digitais em sua forma mais ampla. A aplicação de capital para os ETFs de Ethereum à vista deve ser provavelmente constante e estável. Os ETFs de bitcoin à vista dos EUA, que trouxeram mais de US$ 13,3 bilhões em entradas de recursos nos primeiros cinco meses, e podemos esperar a mesma trajetória neste caso também”. disse o CEO da Binance, Richard Teng.

De acordo com Teng, “antes da aprovação de hoje, já existiam 27 ETFs de Ethereum ativos sendo negociados em sete mercados diferentes. Há também 32 ETFs de Bitcoin à vista oferecidos e negociados em cinco mercados diferentes”.

Mas, para a Consensys, uma das mais conhecidas provedoras de soluções em Ethereum, a aprovação é um passo na direção certa pela SEC, mas “um exemplo da problemática abordagem da SEC em relação aos ativos digitais”. No seu perfil no X, a empresa disse que a aprovação de hoje sinaliza que a SEC considera o ETH como uma commodity e não um security, contradizendo o que disse anteriormente. A empresa foi uma das que acionou a SEC para dar uma posição clara sobre o assunto. “Continuaremos lutando por clareza regulatória definitiva em nosso caso.”

O burburinho dos últimos tempos sobre a aprovação possível do ETF de ETH à vista fez o preço da cripto subir. Nos últimos sete dias subiu em torno de 27%, para US$ 3.820. No mesmo período, bitcoin, a cripto de maior valor de mercado, subiu 1,30%. Nas últimas 24 horas, ether subiu 3,85%.

As bolsas que pediram autorização para a SEC foram a NYSE, a Nasdaq e a Cboo BZX. Na verdade, o que a SEC aprovou foi um pedido de mudança de regra que, por sua vez, permite a oferta desses ETFs. Na segunda-feira passada, houve comentários no mercado de que a SEC tinha pedido atualização para as exchanges de seus pedidos para o ETH, indicando que poderia aprovar os pedidos ou, pelo menos, estava tentando um alinhamento das instituições com as regras.

Esse pedido deu um ânimo no mercado, que já tinha dúvidas se a aprovação sairia. Foi um movimento do regulador similar ao que aconteceu com o ETF de bitcoin à vista, com pedidos semelhantes do regulador aos emissores, o que ajudou a causar expectativa e alta de preço no mercado. Hoje, era a data final para a SEC se posicionar sobre o pedido da VanEck, com a qual o regulador mal tem falado, segundo fontes do mercado. Daí também havia uma expectativa negativa do mercado.

De acordo com Teng, “antes da aprovação de hoje, já existiam 27 ETFs de Ethereum ativos sendo negociados em sete mercados diferentes. Há também 32 ETFs de Bitcoin à vista oferecidos e negociados em cinco mercados diferentes”.

Compartilhe agora

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *