Liechtenstein lança selos no formato NFTs com obra de Romero Britto

Imagem de um dos NFTs de Romero Britto na YellowHeart.

A Philatelie Liechtenstein, braço dos correios do minúsculo reino da Europa, desenvolveu um novo selo físico e na versão de token não-fungível (NFT) com o artista brasileiro Romero Britto. O selo é parte das comemorações do 100º aniversário do Tratado Aduaneiro que reduziu as tarifas de importação entre o país e a Suíça. A emissão será em março de 2023. Tanto a empresa, quanto Romero Britto já exploram o mundo de vendas bilionárias dos NFTs desde 2021.

A pré-venda já começou. São 1,5 mil selos físicos e 1,5 mil NFTs. O valor é de 999 francos suíços cada um, cerca de R$ 5,7 mil. De acordo com a Philately Liechtenstein, além do selo físico os compradores vão receber um certificado de autenticidade do selo com um código SQR que dá acesso à imagem. “Na próxima etapa será possível verificar o carimbo e ter acesso ao NFT exclusivo. A empresa diz que ainda vai anunciar os recursos e designs finais do selo.

Como o selo está num contexto “da amizade e da arte”, a empresa diz que escolheu Britto. “O brasileiro é um dos artistas mais conhecidos do movimento neo-pop art. Com seu uso exclusivo de cores vivas e padrões ousados, ele espalha uma mensagem de esperança, amor e felicidade”.

Em 2021, a Philatelie Liechtenstein emitiu o primeiro selo criptográfico do Principado de Liechtenstein, chamado de selo 4.0. Para 2022, programou repetir a iniciativa com o selo 4.1 contando a história da Casa Principesca de Liechtenstein. Ambos são válidos para os correios na versão física.

Romero Britto lançou NFTs com DJ White Shadow

A empresa chegou a contratar a criação de um aplicativo de celular para interação com seus selos criptografados. A Originstamp criou o produto. O objetivo, de acordo com Christine Böhmwalder, responsável pela filatelia na Philatelie Liechtenstein, é criar uma ponte entre o mundo analógico dos selos dos correios e as novas tecnologias digitais. “Agora, os avós e os netos podem compartilhar a paixão por selos”, segundo declaração que deu à Originstamp.

A primeira incursão de Romero Britto em NFTs foi num projeto com o DJ White Shadow, vendido na YellowHeart. O DJ já trabalhou em canções famosas como “A Star is Born” (Nasce uma Estrela, que Lady Gaga canta). Mas, o artista também é parte central da plataforma DCB (Dot Com Billionaires) World, que mescla NFTs de Britto e jogos.

O Brasil é o segundo maior mercado em usuários de NFTs do mundo, de acordo com uma pesquisa que a Statista divulgou em junho passado. Isso porque são 5 milhões de pessoas que possuem pelo menos um desses tokens. O líder do ranking é a Tailândia, com 5,65 milhões. Mas, em 2022, esse mercado despencou em vendas no mundo todo.

Compartilhe agora

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *