“Foco do Fed é monitorar stablecoins; regulação de DeFi precisa ser cuidadosa”

Jerome Powell, presidente do banco central dos EUA.

As finanças descentralizadas (DeFi) exigem regulamentações apropriadas para garantir condições equitativas e proteger os consumidores, disse o presidente do Federal Reserve, Jerome Powell nesta terça-feira (27). Além disso, afirmou que os bancos centrais podem ter puxado o gatilho para o colapso de várias iniciativas de DeFi quando os riscos de aumento da inflação começaram a se materializar. “O que a normalização da política monetária que estamos vendo no mundo fez foi revelar problemas estruturais significativos no sistema de DeFi e conflitos de interesse”.

Em relação ao lançamento de uma moeda digital de banco central (CBDC), Powell reafirmou que não tem nenhuma pressa. “Ainda não decidimos ir em frente e não vejo que tomaremos uma decisão por algum tempo”, completou. Por enquanto, os Estados Unidos estão avaliando diretrizes e tecnologia “num escopo grande”, afirmou num evento do Banco da França. E disse isso apesar de afirmar que as stablecoins – a maioria delas tentando seguir o dólar – precisam de monitoramento. “Se você vai ter criação de dinheiro privado em todo o país, realmente precisa haver um papel federal. Achamos que realmente deveria ser o Fed a desempenhar esse papel. Esse é nosso foco principal agora”, disse Powell.

“Dentro do ecossistema financeiro descentralizado, existem questões estruturais muito significativas em torno da falta de transparência”. “Precisamos ser muito cuidadosos sobre como as atividades de criptomoedas são realizadas dentro do perímetro regulatório. Existe uma necessidade real por regulação apropriada para que enquanto as finanças descentralizadas se expandem e começam a atingir cada vez mais consumidores, uma regulação apropriada esteja posta”, segundo a agência de notícias Reuters. As declarações acontecem meses depois do colapso de vários protocolos, como o Celsius, que fez vários usuários perderem recursos.

De acordo ele, o inverno cripto mostrou que DeFi ainda não tem impacto significativo sobre o setor financeiro tradicional. No entanto, defendeu também a aplicação das mesmas regras de finanças convencionais para DeFi, por conta dos “mesmos riscos, mesma regulação”. No entanto, também a novos recursos como a eliminação de intermediários por códigos, governança descentralizada e a carteiras de criptos custodiadas pelos próprios usuários em hard wallets.

Compartilhe agora

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *