Mercado de Criptomoedas por TradingView

Sobre mulheres em criptomoedas e blockchain

Daniela Von Hertwig Meyer.

Quando a Claudia Mancini me convidou para assinar uma coluna mensal no portal Blocknews, fiquei mais que honrada, emocionada. Na verdade, essa coluna era para ter começado no mês passado, como passei por uma transição de carreira, fomos conversando até que eu conseguisse iniciar. E hoje é este o ponto que quero trazer, no mês das mulheres, como uma mulher no mercado de criptomoedas e tecnologia blockchain, e como nós mulheres nos ajudamos nesse segmento.

Entrei no mercado cripto por indicação de uma amiga minha para outra amiga dela. São mulheres que têm uma relevância muito grande na minha vida. E desde 2018, ano que iniciei nessa carreira, vi que ainda havia pouquíssimas mulheres desenvolvendo trabalhos na área, mas que aos poucos essa mesa foi virando, e hoje os experts de áreas correlacionadas, adivinhem? Sim, são mulheres! Contabilidade, tributário, aspectos jurídicos, jornalismo, pesquisa, finanças, desenvolvimento e programação, e a lista é longa.

E o mais incrível é que nos unimos – não de modo a, de alguma forma, menosprezar os homens. , até porque tive a honra de contar com mentor homem que me proporcionou uma base excelente sobre tecnologia blockchain, usabilidade das criptomoedas, desenvolvimento de negócios, etc, para trazer, abraçar, ajudar e apoiar que mais mulheres entrassem no mercado e brilhassem junto.

Entendemos que a vida já é dura demais para todas nós, que temos que nos provar muito mais do que os homens para sermos ouvidas e termos um lugar à mesa. E ficamos felizes com o sucesso umas das outras. E no final do dia, é isso que importa. E quanto aos homens, fiquem tranquilos: nós gostamos de somar com vocês, de ter pontos de vista diferentes e que se complementem, trazendo uma nova sinergia. E por que não um toque de carinho aos negócios?

Eu sempre brinco que Satoshi Nakamoto é na verdade um grupo de mulheres! Pois trouxe a essência de acolher e tornar viável a participação de pessoas em um novo “sistema financeiro” que antes não teriam essa possibilidade, agilidade nos processos, transparência da blockchain. Une países, pessoas que nem se conhecem, sem distinguir região demográfica, cor, sexo, política ou religião.

E a usabilidade? Muitos me perguntam. Posso começar com a vez que bitcoin salvou a vida do meu gato, que passou mal de madrugada e a conta do veterinário em plantão foi alta. Era final de mês e eu tinha pouco dinheiro na conta (quem nunca?). A solução: liquidar parte da minha posição em bitcoin para usar na mesma hora em reais. E tenho muitas outras histórias para contar!

Um beijo e até a próxima!

*Daniela Von Hertwig Meyer é VIP Sales Manager da Binance na América Latina. Especialista em marketing, criptmoedas e tokenização da ativos.

Compartilhe agora

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.