Claudia Mancini
é jornalista e cientista política, especializada em negócios, blockchain e economia digital

Relógios Hublot passam a ter garantia e autenticidade registradas na blockchain AURA

AURA já é usada por outras marcas do grupo LVMH. Foto: Hublot.

A fabricante suíça de relógios Hublot vai usar blockchain na garantia de seus relógios, a e-warranty. A empresa já equipava os relógios com garantia eletrônica, mas desta vez, tudo será registrada na blockchain AURA, desenvolvida pela Microsoft e Consensys rastreamento da autenticidade dos produtos de luxo do grupo LVMH, do qual a Hublot faz parte..

A garantia e verificação de autenticidade são ativadas com uma foto de um celular. “a perfeita fusão entre complexidade tecnológica e simplicidade de utilização.” Ricardo Guadalupe, CEO da Hublot. A empresa trabalhou por mais na tecnologia, desenvolvendo algoritmos com a empresa KerQuest. É o primeiro reconhecimento visual de um relógio.

Reconhecimento por microcomponentes

Os relógios terão um passaporte e uma garantia eletrônica que se assemelham ao reconhecimento facial e que são baseados nos materiais de cada peça. Segundo a Hublot, os relógios podem parecer iguais, mas cada um tem algum microcomponentes diferente dos restantes, por isso é possível rastrear a autenticidade.

A rede começou com o registro de dados das marcas Louis Vuitton e dos perfumes Christian Dior. Outras marcas do LVMH deverão entrar na rede, que está aberta a produtos de luxo de outros grupos também.

Produtos falsificados com as marcas de luxos são artigos fáceis de serem encontrados. São um sinal dos bilhões em dólares de importações de falsificações e de piratarias. Em 2016, a Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) estimou esse valor em US$ 500 bilhões, 2,5% das importações globais. Mas na Europa, o percentual seria ainda maior, aparentemente o dobro.

Mais sobre blockchain em artigos de luxo:

Após criptos, Louis Vuitton pede registro de blockchain para e-commerce no Brasil

0 Comentários

Deixe um comentário

XHTML: Você pode usar estas tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>