Claudia Mancini
é jornalista e cientista política, especializada em negócios, blockchain e economia digital

Zug, terra do Crypto Valley, aceitará bitcoin e ether para pagamento de impostos

Criptos serão aceitas para pagamento do valor total e até R$ 580 mil. Foto: Annac, Pixabay

A partir de fevereiro de 2021, o cantão suíço de Zug aceitará bitcoin e ether para pagamento de impostos. Zug é uma área com uma série de benefícios fiscais e onde está o Crypto Valley, uma área que promove o desenvolvimento de empresas de moedas criptografadas e de soluções blockchain.

O pagamento dos impostos será por QR code, pode ser feito por empresas e pessoas e apenas no valor integral e até 100 mil francos-suíços (cerca de R$ 583 mil). O piloto do projeto começa em algumas semanas.

Para isso, o cantão fez um acordo com o Bitcoin Suisse, que fará a conversão das moedas para francos suíços. Com isso, o administrador local não corre riscos ligados à volatilidade das moedas, segundo afirmou o diretor financeiro do cantão, Heinz Tännler,

O Bitcoin Suisse, criado em 2013, tem a licença para ser um intermediário financeiro e está aguardando a licença para banco da Suíça e de Liechtenstein. Hoje, entre os serviços que o banco realiza estão custódia, pagamentos em criptos, empréstimos colaterais, tokenização e corretagem.

0 Comentários

Deixe um comentário

XHTML: Você pode usar estas tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>