Claudia Mancini
é jornalista e cientista política, especializada em negócios, blockchain e economia digital

Lista de fintechs mais promissoras do mundo tem 6 startups brasileiras

O banco digital brasileiro foi o que mais recebeu investimentos no mundo desde 2015.. Foto: Acervo do Nubank.

Creditas, Ebanx, Gorila Invest – plataforma de controle financeiro, Nubank, QuintoAndar e Xerpade pagamento de salários – são as seis startups brasileiras na lista das 250 fintechs mais promissoras do mundo. O ranking é feito pela CB Insights. São duas empresas a menos do que no ranking anterior, anunciado no final de 2018.

Naquela lista estavam Toro InvestimentosGuiabolsoNubankNeonContaAzulCreditas, QuintoAndar Contabilizei.

Ebanx, Nubank e QuintoAndar também estão entre os 32 unicórnios da lista “The 2020 Fintech 250”. A Creditas é vista como uma fintech que pode chegar a ou superar US$ 1 bilhão (cerca de R$ 6 bilhões) em valor.

A empresa analisou 16 mil startups. A escolha foi feita com base nas informações que as fintechs deram, modelos de negócios, cenário de mercado e pela nota que tiveram no Mosaic, um algoritmo da CB Insights que mede a performance, situação e potencial de crescimento das startups.

Mais da metade estão nos EUA

Das 250 fintechs, praticamente metade, ou 54% delas estão baseadas no Estados Unidos (EUA). Em seguida vem o Reino Unido, com 38 empresas, ou 15% do total. O primeiro país emergente a aparecer na lista em termos de número de fintechs promissoras é a ìndia, com 20 (8%). As 6 fintechs brasileiras representam 2,5%.

O Nubank é o banco digital da lista que mais recebeu investimentos, um valor que outras listas também mencionam. É também a única startup brasileira que aparece entre as mais investidas por categoria.

A Coinbase é a que mais recebeu fundos no segmento de criptoativos.

US$ 49,2 bilhões em investimentos

Desde 2015, as fintechs da lista receberem US$ 49,2 bilhões (cerca de R$ 300 bilhões) em investimentos em 900 rodadas. O Nubank recebeu US$ 1,395 bilhão (cerca de R$ 9,5 bilhões). Em 12 meses, até o final de agosto, as fintechs levantaram US$ 10,3 bilhões (R$ 60 bilhões) em 120 transações.

O Ribbit Capital foi o investidor mais ativo na lista deste ano. Ele é um dos investidores do Nubank.

0 Comentários

Deixe um comentário

XHTML: Você pode usar estas tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>