Claudia Mancini
é jornalista e cientista política, especializada em negócios, blockchain e economia digital

Reino Unido autoriza sua primeira bolsa de tokens de ativos securitizados

Executivos e conselheiros da nova bolsa passaram pelo mercado financeiro tradicional.

Archax, uma bolsa para negociação de tokens, se tornou a primeira bolsa e custódia regulada de ativos digitais securitizados do Reino Unido, que opera, portanto, com blockchain. A Financial Conduct Authority (FCA), o regulador do Reino Unido, autorizou a negociação em mercado secundário de ativos de todo o mundo.

A empresa é formada por executivos que vieram do mercado financeiro tradicional, como seu CEO, Graham Rodford, que tem quase 20 anos no setor. Antes de fundar a Archax, ele trabalhou num fundo de hedge e HSBC e em operações de criptoativos.

A empresa também é a primeira a receber o registro de criptoativos da FCA portanto, está alinhada ao Virtual Asset Service Provider (Fornecedor de Serviços de Ativos Virtuais, VASP em ingles), um registro que faz parte das regras anti-lavagem de dinheiro.

A tokenização de ativos é visto como uma das novas fronteiras do mundo cripto, com potencial para crescer muito nos próximos anos. No Brasil, o Mercado Bitcoin tem negociado tokens de cotas de consórcio e precatórios, por exemplo. Outras possibilidades que a Archax poderá explorar são os ativos securitizados lastreados em dívidas e fundos.

0 Comentários

Deixe um comentário

XHTML: Você pode usar estas tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>