Claudia Mancini
é jornalista e cientista política, especializada em negócios, blockchain e economia digital

Segurador italiano emite primeira apólice em blockchain para garantir obra imobiliária

Apólice foi emitida para evitar fraude e garantir obra imobiliária. Foto: 昕 沈, Pixabay.

O italiano Reale Group, um dos maiores seguradores da Itália e que opera também na Espanha e Chile, emitiu a primeira apólice de seguro garantia de contrato em blockchain do país. A apólice é a garantia de conclusão de uma obra em Milão e o beneficiário é a prefeitura da cidade. O objetivo é evitar fraude no processo de garantias, algo que tem sido comum no país.

A emissão de garantias desse tipo costuma ser uma demanda em obras públicas. A apólice emitida pela Reale Mutua faz parte do projeto italiano “Fideiussioni Digitali”, promovido pela CeTIF (Centro de Pesquisa em Tecnologia), a rede de pagamentos SIA, a empresa de soluções tecnológicas Reply, o regulador de setor de seguros, IVASS, e o banco central italiano, Banca d’Italia, além de 30 bancos e empresas.

O projeto usa a plataforma Corda, da R3, a mesma utilizada pela associação dos bancos da Itália no Spunta, sistema de reconciliação interbancária e compartilhamento de dados.

Com a apólice, o Reale Mutua, fundado em 1828, vai garantir a obra do complexo imobiliário “ex-Plamon”, realizada pelo Gruppo AbitareIn. Mauro Gentini, responsável pela área de riscos especiais da Reale Mutua, afirmou que a digitalização da apólice ajuda a prevenir fraudes e a melhorar a eficiência da operação.

0 Comentários

Deixe um comentário

XHTML: Você pode usar estas tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>