Claudia Mancini
é jornalista e cientista política, especializada em negócios, blockchain e economia digital

Lituânia emite primeira moeda digital de banco central da Europa. E é para colecionadores

Banco central emitiu 24 mil unidades de 6 tipos de tokens.

A zona do euro já tem sua primeira moeda digital de banco central (MDBC, ou CBDC na sigla em inglês). A Lituânia emitiu, semana passada, a LBCOIN, uma moeda para colecionadores. É um teste, disse o banco central do país.

É um teste bem pensado dentro do atual movimento dos bancos centrais mundo afora de analisar a implantação de CBDC, já que exige executar a emissão digital de uma moeda, mas sem colocar em risco o sistema financeiro. A Europa, inclusive, é uma região onde o assunto corre a passos mais largos nos últimos meses.

“A LBCOIN permite às pessoas na Lituânia e em todo o mundo testar novas tecnologias num ambiente seguro, como experimentar autenticações remotamente, abrir uma carteira digital, trocar tokens digitais com outros colecionadores ou transferí-los para a rede pública NEM. Ao mesmo tempo, isso nos permite aprender sobre a emissão de CBDCs, o que deverá beneficiar a comunidade do bancos central e da zona do euro como um todo”, disse Marius Jurgilas, membro do conselho do Banco da Lituânia, país com 2,8 milhões de habitantes.

A moeda custa 99 euros (cerca de R$ 600 reais) e é dedicada ao Ato de Independência de 1918 e seus 20 signatários. São 6 tipos de tokens e um total de 24 mil unidades com imagens dos signatários, além de 4 mil moedas físicas de prata para colecionadores.

Vendas duram só 30 meses

Quem comprar as moedas digitais poderá trocála pela física, guardar na loja eletrônica LBCOIN, dar de presente, trocar com outros colecionadores ou transferir para uma carteira digital NEM.

Em 30 meses, as vendas na loja serão encerradas e os tokens que sobrarem serão descartados. Portanto, depois disso será impossível trocar um token pela moeda física. Quem quiser manter o token, deverá transferir para a NEM.

O banco afirma que está desenvolvendo outras iniciativas para introdução de inovações no sistema financeiro do país. Isso inclui uma sandbox regulatória, a plataforma baseada em blockchain LBChain para dar apoio ao desenvolvimento de startups e um sistema de pagamentos instantâneos e 24x7x364 dias, o CENTROlink.

2 Comentários

Deixe um comentário

XHTML: Você pode usar estas tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>