Claudia Mancini
é jornalista e cientista política, especializada em negócios, blockchain e economia digital

Bitcoin Pizza Day, o dia em que uma pizza valeu o equivalente R$ 206 milhões

O dia 22 de maio é um marco para as comunidades de criptomoedas e blockchain. Há dez anos, o bitcoin foi usado pela primeiras vez numa transação para compra de um produto. Quem usou a criptomoeda foi Laszlo Hanyecz, que pagou 10 mil bitcoins, hoje equivalentes a R$ 511,5 milhões, por duas pizzas grandes. E daí nasceu o “Bitcoin Pizza Day”.

Se quem recebeu a moeda estiver com ela até hoje, imagine o lucro: naquela época, o bitcoin valia cerca e US$ 0,0025, ou R$ 0,015. Quem vendeu teria, na época, 70 mil bitcoins e foi aconselhado por pessoas do fórum a não fazer a transação.

Hanyecz fez um pedido num post no Bitcointalk, o maior fórum de discussões sobre a moeda. “Você pode fazer a pizza ou trazer até minha casa ou pedir para mim num delivery, mas o que eu quero é ter a comida entregue em troca de bitcoins para que eu não tenha que pedir ou preparar, tipo pedir um café da manhã num hotel ou algo do gênero, eles apenas te trazem alguma coisa para você comer e você fica feliz!”. disse ele no post. E também descreveu o que ele gostava no recheio da pizza.

Houve quem achasse a oferta muito alta, ja que significavam US$ 41 (cerca de R$ 240). O post foi feito no dia 18 de maio e depois de dois dias, uma pessoa que usava o apelido de Jercos fez o pedido no Papa John’s. As pizzas são as da foto desta matéria.

De lá para cá, o bitcoin cresceu em valor e uso, até ser aceito inclusive em operações de marcas famosas, como a Visa, de cartões de crédito. Blockchain também se expandiu e além das criptomoedas, sendo adotada por empresas e governos que usam a tecnologia para transacionar valores de forma mais eficiente, rápida e barata, mesmo que isso não inclua criptomoedas.

0 Comentários

Deixe um comentário

XHTML: Você pode usar estas tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>