Claudia Mancini
é jornalista e cientista política, especializada em negócios, blockchain e economia digital

Operadoras criam a Equigy, que permite consumidores venderem energia limpa de suas casas e carros

Um grupo de quatro das maiores operadoras europeias de redes de transmissão  (OTS, na sigla em inglês) criaram a Equigy, uma plataforma internacional e em blockchain para permitir a oferta de energia por residências e veículos elétricos no sistema de energia da Alemanha, Holanda, Suíça e Itália.

Com o aumento do uso de energia renovável, de fontes como vento e sol, o fornecimento de eletricidade pode sofrer interrupções por conta de variáveis climáticas, ao contrário do uso, por exemplo, de petróleo e carvão. Além disso, a energia não é produzida e nem consumida em quantidades iguais nas diversas regiões dos países.

Com a Equigy, a TenneT, que opera na Alemanha e Holanda, a Swissgrid e a italiana Terna poderão trocar informações entre suas operações nos diferentes países, além de haver o compartilhamento de informações dos prosumidores (consumidores e fornecedores de energia) e das redes. “Isso significa que em breve, qualquer pessoas poderá contribuir para a transição de energia (renovável)”, disse o CEO da TennetT,  Manon van Beek.

Os consumidores poderão, assim, colocar na rede a energia excedente que produzirem e, se precisarem, comprarem também energia vinda de outros consumidores.

O que o grupo tenta fazer é colocar em prática o que é uma tendência no setor, que é a produção e venda de energia renovável e por consumidores. Neste caso, isso será feito num comércio intra-europeu para ajudar a manter o sistema dos quatro países operando.

Hyperledger Fabric

A plataforma foi estruturada com a IBM, usando Hyperledger Fabric, da Linux. Como é uma solução open source, está disponível sem custos. Se o projeto der certo, espera-se que atraia outras empresas do setor e de outros países do continente europeu.

Com o uso de blockchain é possível o compartilhamento de transações de milhões de sistemas individuais de forma segura, transparente e com bom custo x benefício.

A italiana Terna e a FCA (Fiat Chrysler Automobiles), assim como a TenneT também têm outros testes com veículos elétricos para equilibrar o fornecimento de energia.

1 Comentários

Deixe um comentário

XHTML: Você pode usar estas tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>