Mercado de Criptomoedas por TradingView

Presidente e diretores do BC se encontram com Binance, Coinbase e Bitso

Entre a última sexta-feira (13) e a última segunda-feira (16), o presidente e diretores do Banco Central do Brasil se encontraram com representantes das corretores de criptomoedas Binance, Coinbase e Bitso. As três dizem ter interesse em aumentar suas operações no Brasil. De acordo com a agenda disponível no site do Banco Central, os assuntos eram variados e incluem regulação.

Os encontros começaram na tarde de sexta-feira, por uma hora, com uma reunião entre o presidente do banco, Roberto Campos Neto, e o fundador e CEO da Binance, Changpeng Zhao (CZ). Também estava prevista a participação de Daniel Mangabeira, vice-presidente de relações governamentais para América Latina. Assim como a de Matt Schroder, vice-presidente de expansão internacional. A informação era de que a reunião seria por video conferência com “representantes do Grupo Binance, em São Paulo, para tratar de assuntos institucionais”. 

Em março passado, CZ já tinha se encontrado com o diretor de regulação do banco, Otavio Ribeiro Damaso. O fundador da Binance tem dito que pretende aumentar o número de funcionários no Brasil e fazer mais aquisições. A empresa comprou recentemente a Sim;paul, plataforma de investimentos tradicionais.

Na tarde desta segunda-feira, Campos Neto e Renato Dias Gomes, diretor de organização do sistema financeiro e resolução, deveriam se reunir por 30 minutos e por videoconferência, com o CEO e co-fundador da Coinbase, Brian Armstrong. O assunto que constava na agenda era a “apresentação do cenário macroeconômico pelo executivo”. A empresa está instalando uma operação no país, onde tem cerca de 130 vagas abertas para contratação.

Banco Central discute regulação com corretoras

A agenda também previa a participação de Faryar Shirzad, Chief Policy Officer da Coinbase, que cuida de regulação e relacionamento com governos na corretora desde março passado. Antes disso, por 15 anos atuou no Goldman Sachs nessa área. Mas, antes ainda, foi do governo americano. Além disso, deve participar da reunião John Medel, gerente sênior de regulação e relacionamento com governos.

Já o diretor de regulação do Banco Central, Damaso, desta vez deveria se encontrar com representantes da mexicana Bitso por uma hora, também por videoconferência. A reunião será com Felipe Vallejo, Chief Regulatory Officer da corretora, e com os responsáveis por política pública no Brasil, Bárbara Espir, e na Argentina, Julián Colombo.

Deverim participar, ainda, Daniel Steinberg, responsável pela estratégia regulatória no Basil e Ana Beron, especialista em assuntos corporativos, da corretora. A Bitso começou a se instalar no Brasil há um ano e disputa com o Mercado Bitcoin o título de maior corretora da América Latina.

Procuradas, as empresas não quiseram comentar sobre os encontros.

*Reportagem atualizada em 18.05.22 com os comentários das corretoras.

Compartilhe agora

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.