Claudia Mancini
é jornalista e cientista política, especializada em negócios, blockchain e economia digital

Governo vai vender imóveis usando blockchain; plataforma registrará propostas

A Empresa Gestora de Ativos do Governo (Emgea), que faz a gestão de bens e direitos federais e das entidades da administração pública federal, vai usar blockchain na venda de imóveis da União. Será a primeira vez que a tecnologia será usada para isso, segundo a empresa.

O anúncio foi feito na quarta-feira (16) e na sexta-feira o Banco do Brasil anunciou uma plataforma para vender imóveis rurais. A plataforma será dada pela mesma empresa usada pela Emgea, a Resale.

De acordo com o comunicado, a venda será por concorrência pública. Em vendas feitas até agora pelo site, houve descontos de até 66% mannapotheke.de/. A tecnologia será usada para registrar as propostas comerciais recebidas, evitando mudanças fraudulentas durante o processo. Esse “é um fator considerado de risco em modelos de venda em licitações”, disse a empresa.

A Emgea fez parceria com a startup Resale, um outlet de imóveis que desenvolve soluções para gestão e venda de ativos que vêm de instituições financeiras.

Segundo o presidente da empresa, Fábio Rito Barbosa, o objetivo é que a “base de imóveis seja vendida com mais agilidade, gerando maior eficiência operacional, ao reduzir custos com as despesas de manutenção desses ativos.  

0 Comentários

Deixe um comentário

XHTML: Você pode usar estas tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>