Mercado de Criptomoedas por TradingView

Banco da França testa liquidação de ativos com CBDC falsa em blockchain

Banco da França testa blockchain com CBDC falsa. Foto: Nuno Lopes, Pixabay.
Banco da França testa liquidação de ativos com CBDC falsa em blockchain e diz que resultado foi positivo e mostra novas possibilidades

O Banco da França e o suíço Seba Bank testaram, na última sexta-feira (18), a liquidação de ativos em bolsa em blockchain com a moeda digital de banco central (CBDC). De acordo com a instituição, o teste mostrou as possibilidade de interação entre infraestruturas convencionais e distribuídas.

Os testes fazem parte de um programa experimental que as instituições estão desenvolvendo. E o que as instituições aprenderem vão compartilhar com o Eurosistema, que também estuda a CBDC do euro digital.

Os países da União Europeia que fazem testes em paralelo aos do euro digital tem cada um foco distinto. No caso da França, por exemplo, tudo indica que seu principal objetivo é testar uma reforma do mercado de ações, o que a Suíça também quer.

Já os alemães estão de olho no dinheiro programado, ou seja, uso de contratos inteligentes no euro digital. Para eles, isso poderá criar um desconto automático de duplicadas.

O banco que Napoleão Bonaparte criou e o Seba usaram uma CBDC “falsa”, portanto, que queimaram no final do teste. Mas, com essa CBDC, simularam a liquidação de ativos listados usando a plataforma Target2-Securities (T2S).

Banco da França usa blockchain para mudar mercado de ações

A plataforma permite, por exemplo, a troca de título por pagamento de forma simultânea. Isso blockchain pode fazer com uma rapidez e segurança que a infraestrutura convencional não consegue.

De acordo com o comunicado do Banco da França, o teste preservou o controle e manteve confidenciais as informações das transações. Tudo isso com base num contrato inteligente (smart contract) dedicado.

“Assim, esse teste cria o caminho para outras alianças que possam se beneficiar das oportunidades que os ativos financeiros oferecem no ambiente blockchain”, disse Nathalie Aufauvre, diretor geral de Estabilidade Financeira e operações do Banco da França.

Todas as operações incluíram também o Banque Internationale
à Luxembourg e central depositária de títulos LuxCSD. Haverá mais testes nas próximas semanas.

Compartilhe agora

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.