Claudia Mancini
é jornalista e cientista política, especializada em negócios, blockchain e economia digital

Consensys fará parte da rede chinesa BSN para oferecer soluções a governos e empresas

China quer aumentar o número de nós da BSN. Foto: Pixabay.

A ConsenSys fechou acordo com a Blockchain-based Service Network (BSN) para fornecer a plataforma Quorum em cerca de 80 cidades. A BSN é uma rede de blockchains criada pelo governo chinês com mais de 100 nós públicos. A Quorum, que foi do JP Morgan até o ano passado, vai entrar em operação na rede ainda neste ano.

O objetivo do governo chinês com a BSN é fazer blockchain ser mais acessível para empresas e instituições do governo. Assim, quer facilitar e reduzir o custo de desenvolvimento dos aplicativos descentralizados (dAapps) e estabelecer um único padrão.

A Quorum é uma camada open source sobre a qual são desenvolvidos esses dAapps. Assim, vai fazer parte de um pacote com outras plataformas blockchain públicas e privadas para vender soluções a empresas e governos.

A China anunciou, em 2019, que tem como plano ser um hub global de blockchain. E para isso tem criado centros de pesquisa e inserido a tecnologia nos planos de desenvolvimento do governo.

BSN é uma das maiores do mundo

A BSN é, portanto, parte desse plano. Lançada em abril de 2020, é uma das maiores redes blockchain do mundo. criada pelo país mais populoso do mundo e a segunda maior economia do planeta.

O State Information Center of China (SIC), um centro de estudos da National Development and Reform Commission (NDRC), apoiou o desenvolvimento da rede. A NDRC é a principal agência de planejamento econômico do país. Além disso, é uma infraestrutura global cross-nuvem, cross-portal e cross-estrutura.

A rede é ainda a espinha dorsal da Rota da Seda Digital. A BSN já implantou mais de 2 mil aplicações. Além dos 108 nós em mais de 80 cidades da China, há 8 nós públicos em outros países. O governo quer ter mais de 10 redes privadas e mais 30 protocolos públicas para desenvolvedores na BSN.

0 Comentários

Deixe um comentário

XHTML: Você pode usar estas tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>