Claudia Mancini
é jornalista e cientista política, especializada em negócios, blockchain e economia digital

Visa expande, de novo, atuação em criptos com teste de APIs para bancos

Visa testa APIs para operações com criptoativos em bancos.

A Visa anunciou, hoje (3), mais um movimento no universo de criptomoedas. A empresa fez parceria com o banco digital First Boulevard para testar sua nova interface de programação de aplicações (APIs) para criptoativos.

A API permite que os clientes comprem, façam custódia e negociem ativos digitais. Se tudo der certo, o lançamento das APIs será ainda neste ano.

No caso do First Boulevard, um banco focado na comunidade negra, esse uso das APIs será feito com ativos digitais no Anchorage, um banco de ativos digitais.

“Decidimos transformar a Visa numa ponte dentre moedas digitais e nossa rede global de 70 milhões de estabelecimentos. Hoje, somos a rede líder para carteiras de criptos, com 35 plataformas escolhendo emitir com a Visa“, disse Jack Forestell, chief product officer (CPO) da empresa.

Visa cria lista de espera para teste

De acordo com comunicado da Visa, o teste inicial inclui estudar como as instituições financeiras que não têm infraestrutura de moeda digital podem usar a plataforma da Visa. Dessa forma, poderiam entrar no mundo dos criptoativos e de redes blockchain.

A Visa criou uma lista de espera para quem quiser participar de um piloto.

Um dos outros passos da empresa de pagamentos no mundo blockchain foi, por exemplo, o uso da tecnologia para transferências internacionais. Além disso, anunciou, em dezembro passado, a conexão de sua rede global com a plataforma da moeda digital U.S. Dollar Coin (USDC) na rede Ethereum. 

Além de anunciar a parceria com o First Boulevard, a empresa anunciou parcerias com outras instituições focadas na comunidade negra.

0 Comentários

Deixe um comentário

XHTML: Você pode usar estas tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>