Claudia Mancini
é jornalista e cientista política, especializada em negócios, blockchain e economia digital

Nubank entra em transferência internacional por blockchain após acordo com Remessa Online

Nubank vai usar blockchain RippleNet que serviço da Remessa Online utiliza. Foto: Acervo do Nubank.

O Nubank, uma das maiores fintechs do mundo, anunciou hoje (26) que fechou parceria com a Remessa Online, que usa a blockchain RippleNet. Assim, vai competir no segmento de transferências internacionais, no qual os bancos tradicionais recebem críticas pelos altos preços e tempo necessário para as operações.

Portanto, agora os 40 milhões do Nubank poderão usar o serviço da Remessa Online, que por usar blockchain pode ser mais barato e mais rápido. A rede da Ripple afirma que conecta mais de 300 instituições financeiras, como o Santander, por exemplo.

De acordo com as empresas, há um crescimento acelerado das remessas de dinheiro de pessoas no Brasil e na América Latina. O valor chegou a R$ 37 bilhões em 2020 entre entradas e saídas. Já a Remessa Online informou que tem 350 mil clientes atendidos com envios para mais de 100 países. E espera chegar a 1 milhão de clientes com a parceria. Em 2020, a movimentou R$ 6 bilhões e espera chegar a R$ 14 bilhões em 2021.

Os clientes do Nubank iniciarão as transações de transferências no aplicativo do banco. “A parceria foi a melhor forma que encontramos de disponibilizar essa facilidade para os clientes”, disse Cristina Junqueira, cofundadora do Nubank. 

 “A união com o Nubank possibilita aos clientes do banco viver essa experiência de maneira simples”, afirmou Alexandre Liuzzi, diretor de estratégia da Remessa Online. 

0 Comentários

Deixe um comentário

XHTML: Você pode usar estas tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>