Claudia Mancini
é jornalista e cientista política, especializada em negócios, blockchain e economia digital

Mais um ETF de criptomoeda no Brasil. QR Asset recebe autorização da CVM para bitcoin

ETF da Hashdex inclui criptomoedas como bitcoin. Foto: Pixabay.

A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) deu mais uma autorização para lançamento de ETF, fundo de índice negociado em bolsa, no Brasil. Desta vez, a permissão é para fundo de bitcoin e é para a QR Asset Management.

Essa seria o primeiro ETF de bitcoin na América Latina e o Brasil poderá ser o segundo com esse tipo de fundo no G-20, grupo das maiores economias do mundo. O outro país é o Canadá, com três ETFs.

O ETF deve replicar a cotação média do bitcoin em corretoras de diversos países. A CF Bencharmarks vai fornecer o índice. A empresa já fornece esse serviço para a Bolsa de Mercadorias de Chicago, a CME.

O plano da QR Capital é captar, na chamada oferta primária do ETF, R$ 500 milhões. O lançamento está previsto para até o final de junho, mas na B3 pode acontecer antes. Também será negociado por homebroker. O código será QBTC11.

0 Comentários

Deixe um comentário

XHTML: Você pode usar estas tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>