Mercado de Criptomoedas por TradingView

Insurtech é primeira corretora do tradicional Lloyd’s a cobrir negócios de criptos

A insurtech britânica Superscript anunciou que se tornou a primeira corretora do Lloyd’s de Londres, o tradicional mercado de seguro e resseguro do Reino Unido, a lançar um produto dedicado à tecnologia de registro distribuído (DLT), criptos e negócios em blockchain. Seu novo produto, chamado de Daylight, começa cobrindo problemas ligados a tecnologia e seguro cibernético. Isso vai, portanto, de problemas como sequestro de dados a erros na instalação de produtos e serviços nessa área.

O Lloyd’s já vinha demonstrando interesse em criptomoedas, tanto que na sétima edição de seu programa de aceleração, um das áreas de interessa era essa. E assim, a Superscript foi uma das 11 selecionadas entre 179 que se inscreveram. O Lloyd’s tem cerca de 350 corretoras cadastradas.

De acordo com a insurtech, a plataforma blockchain facilita que as empresas de ativos digitais tenham seguro e que gerenciem com mais facilidade seus riscos. Seus primeiros usuários são a Argent, carteira de criptos, Chiliz, plataforma de tokens esportivos, e a CEX, corretora britânica de criptomoedas.

Insurtech combina machine learning e criptos

A Daylight combina machine learning e ativos digitais, segundo a insurtech. E usuários podem ser, por exemplo, tokenizadoras, mineradoras, custodiantes de criptos, desenvolvedores de blockhchain e plataformas de tokens não-fungíveis (NFTs).

Há muita expectativa no mercado global de uma maior inserção de blockchain em seguros. Isso porque é um setor que ainda usa muito papel, tem diversos atores envolvidos compartilhando dados com frequência e com níveis de digitalização inferiores aos de outros setores. No Brasil, a B3 e o IRB Brasil anunciaram um projeto de uso de blockchain no setor em 2020. A previsão era de a plataforma ser lançada em 2021, o que não aconteceu.

De acordo com Ben Davis, líder da equipe de ativos digitais da Superscript, o uso de machine learning e de insights gerados por dados de subscrição vão permitir a criação de produtos para o ecossistema de criptoativos.

Compartilhe agora

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.