Claudia Mancini
é jornalista e cientista política, especializada em negócios, blockchain e economia digital

Fintechs do Brasil atraem US$ 2,6 bi em venture capital de janeiro a agosto

Venture capital estrangeiro está investindo no Brasil. Imagem: Pixabay.

Nem é mais novidade – mas é fato: as fintechs seguem na liderança entre os setores que mais atraem investimentos de venture capital no Brasil. Desde janeiro, foram 115 rodadas, que juntas somaram US$ 2,6 bilhões. Em seguida, temos as retailtechs, como são chamadas as soluções no varejo. com US$ 631 milhões captados, distribuídos em 50 aportes.

Ao todo, foram investidos US$ 772 milhões em agosto, distribuídos em 56 rodadas, segundo dados do Inside Venture Capital Report, relatório mensal produzido pela plataforma de inovação aberta Distrito. O montante foi mais de quatro vezes superior ao mesmo mês de 2020, que registrou uma captação de US$ 191 milhões, em 45 investimentos, como mostra reportagem do site Fintechs Brasil, parceiro do Blocknews.

Entre janeiro e agosto deste ano, as startups brasileiras já receberam cerca de US$ 6,6 bilhões em investimentos, em um total de 457 aportes – o volume acumulado já supera em mais de 85% o arrecadado ao longo de todo o ano de 2020.

Entre os principais aportes registrados no mês de agosto estão três rodadas Series C, captadas por Omie, Unico e Petlove. Os aportes foram de US$ 110 milhões, US$ 120 milhões e US$ 145 milhões, respectivamente. Uma extensão no valor de US$ 120 milhões da Series E do QuintoAndar também contribuiu para a grande elevação dos números – somada a valores anteriores, a rodada já acumula US$ 755 milhões em investimentos.

A reportagem completa está em Fintechs Brasil

1 Comentários

Deixe um comentário

XHTML: Você pode usar estas tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>