Credix levanta US$ 60 milhões para oferecer mais crédito no Brasil e América Latina

Credix usa smart contracts. Imagem: Kelly Sikkema, Unsplash.

A Credix, plataforma de financiamento para pequenas e médias empresas e portfólios de empréstimos ao consumidor, anunciou hoje (14) que fechou uma linha de crédito de US$ 60 milhões (cerca de R$ 330 milhões). Os recursos vieram de um gestor de investimentos alternativos dos Estados Unidos (EUA) com um portfolio de US$ 3 bilhões, mas o nome não foi revelado.

Uma parcela inicial de US$ 7,5 milhões desta linha de crédito irá para o Brasil por meio de financiamento de recebíveis. O mercado brasileiro é o maior para a fintech, respondendo por cerca de 75% dos negócios. Tanto que metade da equipe já está em São Paulo, informou a Credix ao Blocknews. Em 2024 o foco no Brasil vai crescer ainda mais, embora a plataforma queira crescer também em outros países da América Latina.

A startup usa blockchain e contratos inteligentes para simplificar o processamento de dados, a tokenização de ativos e o monitoramento e relatórios em tempo real. Assim, dá mais transparência aos investidores que aportam recursos na plataforma para serem emprestados. Além disso, a tecnologia ajuda a aumentar sua escala com eficiência.

O objetivo da fintech é superar US$ 100 milhões (perto de R$ 505 milhões) em Ativos sob Gestão (AUM). De acordo com Thomas Bohner, CEO da Credix, “a plataforma está agora facilitando o acesso a crédito em toda a América Latina para este fundo de crédito multibilionário. Esta colaboração estratégica capacita a Credix não apenas a expandir sua operação, mas também a contribuir para gerar retornos ajustados ao risco, ao mesmo tempo em que promove um impacto social positivo.”

A Credix fornece a pequenos e médios empreendedores a chamada dívidas sênior, ou seja, aquela que tem prioridade sobre outras não garantidas – as “júnior” – devidas pelo emissor através de várias plataformas de originação habilitadas por tecnologia.

Compartilhe agora

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *