Blocknotas: Novo índice de DeFi da Bloomberg; curso de blockchain para seguradores e jovens com criptos

Foxbit Token é aposta da Foxbit em área em crescimento. Foto: Thomas Pehan, Unsplash.

A Bloomberg e a Galaxy Digital, empresa de serviços relacionados a criptomoedas, lançaram hoje (19) um índice de finanças descentralizadas. Assim, a Galaxy Digital também lançou um fundo que acompanha o Bloomberg Galaxy DeFi Index. O objetivo do índice, que é da Bloomberg, é acompanhar os maiores protocolos de finanças descentralizadas em valor de mercado. “Finanças descentralizadas estão crescendo para serem o próximo tema de maior relevância em criptomoedas”, disse Alan Campbell, líder de gerenciamento de produtos do braço de indices da Bloomberg.

Escola de Seguros e PUC-Rio dão curso de blockchain

Numa parceria com a Escola de Negócios e Seguros (ENS), a Pontifícia Universidade Católica do Rio (PUC-Rio) está colocando no ar o curso “Novos Modelos de Negócio em Seguros e Resseguros com Blockchain”. O foco do público são os profissionais do setor, que começa a caminhar para o open insurance. Assim, deve promover modelos de negócios mais flexíveis e que atendam melhor os clientes. Já há insurtechs que avaliam o uso de blockchain. O curso é online e a próxima turma é em 21 de agosto.

Jovens acreditam em criptos como moedas do futuro

Pesquisa da Yubo, rede social de live streaming de áudio e vídeo mostrou que quase metade (45%) dos 1.269 jovens da geração Z (de 11 a 26 anos) entrevistados acredita que criptomoedas substituirão as tradicionais. E 35% disseram que gostariam de receber salário em criptos, contra 38% que não querem. Além disso, o levantamento mostrou que 35% de quem compra criptomoeda faz isso porque acredita que será a moeda do futuro e 25% porque “querem ganhar muito dinheiro”. Porém, há um empate entre os que confiam e não confiam nessas moedas digitais.

Compartilhe agora

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *