Claudia Mancini
é jornalista e cientista política, especializada em negócios, blockchain e economia digital

Projeto italiano de emissão de garantia em blockchain reduz fraudes em 30% e custos em até 50%

Moss compra One Percent para ser climate tech. Foto: Pixabay.

O projeto italiano em blockchain “Fideiussioni digitali”, para emissão de garantias relacionadas a obras civis, completou a fase de teste e será lançado no segundo semestre. Os testes mostraram que blockchain reduz fraudes em cerca de 30% e os custos operacionais em até 50%.

A emissão de garantias desse tipo costuma ser uma demanda em obras públicas. E como corrupção é um mal que ataca também a Itália, blockchain está sendo testada para ao menos reduzir o problema.

O Fideiussioni digitali foi organizado pelo Centro de Pesquisas de Tecnologias, Inovações e Serviços Financeiros (CeTIF) da Universidade Católica e pelas empresas SIA e Reply. Mas, também teve a participação do Banco da Itália, do Instituto para Supervisão de Seguros (Ivass) e da Polícia de Finanças Italiana.

A tecnologia que o projeto usa é a Corda, da R3, a mesma usada pela associação dos bancos da Itália no Spunta. O Spunta é sistema de reconciliação interbancária e compartilhamento de dados, um dos principais projetos financeiros com uso de registro distribuído do mundo.
 
Mais de 50 participantes estavam nos testes dos processos. Dentre eles havia bancos, seguradoras, setor público e empresas, de acordo com o comunicado do grupo. Os testes aconteceram dentro de um sandbox.
 
Esses participantes testaram a emissão de mais de 350 garantias em valor de 10 mil euros a 1,4 milhão de euros. Foram emitidas em quatro meses.
 
Blockchain não apenas reduz as fraudes e os custos, mas também torna mais rápida a disponibilidade de linhas de crédito que serão alocadas em novas concorrências.

A primeira emissão na fase de teste foi feita pelo Reale Group, um dos maiores seguradores italianos. O grupo emitiu uma apólice de seguro garantia de uma obra em Milão. O beneficiário foi a prefeitura da cidade.

2 Comentários

  1. Bom dia Claudia,
    com prazer comento a boa notícia para a nossa querida Itália. Infelizmente este país foi devastado economicamente pela crise sanitária 2020/21 e outros fatores deixaram a situação ainda pior. A tecnologia DLT/Blockchain veio mesmo para resolver este tipo específico de problema.
    “Forza Italia, siamo con voi”!!!!!

Deixe um comentário

XHTML: Você pode usar estas tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>