Bitso habilita pagamento por QR Code para estrangeiro na Argentina

Imagem: OpenClipart-Vectors, Pixabay.

A Bitso habilitará os usuários do seu aplicativo, em toda a América Latina, a pagar suas compras com cripto por meio de QR Code quando estiverem na Argentina. Essa é uma das formas de pagamento mais comuns no país, semelhante ao Pix no Brasil. Dessa forma, visitantes estrangeiros podem trocar criptomoedas sem precisar fazer câmbio de sua moeda fiat por pesos argentinos. De acordo com a exchange mexicana, isso evita, por exemplo, taxas de pagamentos por cartão de crédito.

No final de setembro, a Bitso lançou a solução de pagamento com QR em criptomoedas para argentinos, permitindo que usuários locais pudessem pagar com seu saldo no aplicativo da Bitso digitalizando o QR de outras empresas de pagamento habilitadas pelo Banco Central. Com isso, tornou-se a primeira empresa de criptomoedas a oferecer pagamento por QR na Argentina.

Estudo da Chainalysis mostra que 78% dos latino-americanos preferem métodos de pagamento sem contato após a
pandemia. Dado esse contexto, e o fato de que o uso de QR é um meio de pagamento muito comum na Argentina, 59% das pessoas o usaram este ano, contra 34% da média regional), o país passa a ser o primeiro onde a Bitso oferece o serviço.

“Estamos oferecendo aos turistas de todo o mundo a possibilidade de ‘viajar em cripto’ para a Argentina, usando um dos métodos de pagamento mais adotados no país”, disse Santiago Alvarado, vice-presidente Sênior de Produtos da Bitso. “A maioria dos restaurantes, supermercados e lojas em geral aceitam pagamentos por QR. Ao habilitar este produto para estrangeiros que visitam a Argentina, estamos contribuindo para seu dinheiro não perder valor”.

Em razão da inflação alta no país vizinho, está se tornando cada vez mais comum os argentinos trocarem seus ganhos por stablecoins e usarem as criptos ao longo do mês. De acordo com a empresa, é visível esse movimento de compra de stablecoins em determinado período do mês.

Para efetuar um pagamento com QR na Argentina por meio do aplicativo, o visitante estrangeiro pode
escolher entre dólares digitais (USD stablecoins), bitcoin (BTC), ether (ETH) ou DAI. Após escolher a
criptomoeda, a Bitso faz uma conversão automática e, em seguida, efetua o pagamento ao comerciante em moeda local.

Compartilhe agora

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *