Mercado de Criptomoedas por TradingView

Doações de criptomoedas à Ucrânia crescem com pedidos do governo e iniciativas do setor

Doações em cripto atingiram US$ 13 milhões hoje pela manhã, diz Kuna.

O governo da Ucrânia e organizações não-governamentais receberam mais de US$ 20,9 (cerca de R$ 110 milhões) em doações de criptomoedas, segundo a Elliptic, empresa de análises de dados em blockchain. Além disso, já está usando as moedas digitais para compras essenciais, como petróleo, alimentos e armamentos. Há diferentes iniciativas no mundo envolvendo criptos para ajudar o país invadido pela Rússia.

A vantagem das criptomoedas é que permitem transferências rápidas para as carteiras e que podem evitar o bloqueio de pagamentos internacionais sob o qual os russos vivem hoje. Em relação ao tempo, doações tradicioais podem demorar dias ou até semanas para chegarem ao destino final e o país em guerra não tem esse tempo para esperar.

Só a bolsa de criptos ucraniana Kuna, que abriu carteiras para o governo da Ucrânia receber as criptomoedas, afirmou por volta de 10h20 de hoje (horário de Brasília) que as doações chegavam a US$ 12,977 milhões (cerca de R$ 60 milhões).

De acordo com a Elliptic, houve mais de 23 mil doações de criptomoedas desde a invasão da Rússia. Uma dos ONGs recebeu uma doação de US$ 3 milhões em bitcoin. Uma das doações feitas para uma conta do governo ucraniano foi de US$ 1,86 milhão e parece vir da venda de tokens não-fungíveis (NFTs) que seriam para ajudar o jornalista e ativista Julian Assange, criador do WikiLeaks. Assange está sob custódia da polícia de Londres.

De acordo com o site de notícias Coindesk, que conversou com o fundador da Kuna, os gastos do governo ucraniano em criptos chegam a cerca de US$ 10 milhões (em torno de R$ 52 milhões). “Estamos evacuando pessoas, então estamos mandando dinheiro para compra de petróleo, alimento e água. Estamos mandando dinheiro para militares que possam comprar suprimentos localmente”, disse Michael Chobanian. Além disso, o fundador da Kuna afirmou que o governo está comprando drones e óculos de visão noturna.

O vice-primeiro ministro da Ucrânia, Mykhailo Fedorov, que também é ministro da transformação digital do país, pediu doações em criptomoedas nos seguintes endereços:

Bitcoin: 357a3So9CbsNfBBgFYACGvxxS6tMaDoa1P

Ethereum: 0x165CD37b4C644C2921454429E7F9358d18A45e14

USDT (trc20): TEFccmfQ38cZS1DTZVhsxKVDckA8Y6VfCy

Imagem
Doações, por criptomoeda, que chegaram à Kuna.

A Binance anunciou uma doação de US$ 10 milhões em USD para organizações internacionais e não-governamentais (ONGs) locais. O dinheiro deve ir para ajudar pessoas que deixaram a Ucrânia e se refugiaram nos países vizinhos. Além disso, criou uma iniciativa de doação que arrecadou até agora (11h42 horário de Brasília) US$ 5,982 milhões.

Um grupo de opositores ao governo da Rússia também criou rapidamente uma Organização Autônoma Descentralizada (DAO) para receber doações de criptomoedas e para um leilão de NFTs da bandeira da Ucrânia em favor do país. O leilão da UkraineDAO começou no sábado passado e vai durar 72 horas. As doações passam em tempo real para o fundo “Come Back Alive” (Voltem vivos). Vitalik Buterin, que nasceu na Rússia e é contra a guerra, apoiou a iniciativa.

A DAO é uma iniciativa de membros do grupo de investimentos PleasrDAO, o estúdio de NFT Trippy Labs e grupo de arte coletiva Pussy Riot.

Compartilhe agora

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.