Memecoin: veja o que está por trás desse modelo de criptomoedas

Moedas representando memecoin
Physical cryptocurrencies gold coins, Bitcoin

As criptomoedas vêm ganhando um reconhecimento cada vez maior, tratando-se de algo que aos poucos vem deixando de ser tratado como um mercado financeiro alternativo para se tornar em algo profissional, contando com uma variedade que chega até ao memecoin.

Na verdade, é justamente por causa da sua diversificação de aplicações que essas moedas digitais vem conquistando uma melhor performance e atenção no mercado, oferecendo diferentes saídas para quem está em busca de ampliar as suas aplicações financeiras.

Tal cenário é válido tanto para quem já atua no mercado, no comando de um empreendimento, como também por parte de um simples indivíduo, que possa está à procura de garantir um melhor investimento a ser feito em relação ao seu patrimônio.

Por mais que a situação narrada acima seja bastante comum, ainda é possível encontrar um certo receio em relação às criptomoedas, principalmente por quem não possui experiência com a área e se sente pressionado pelas notícias negativas que surgir.

Estamos falando de um sistema econômico que está longe de contar com um modelo engessado, tal como a resistência que se espera de uma barra antipânico dupla com fechadura instalada em suas portas, sendo conhecido na verdade por sua flexibilidade.

Enquanto para alguns isso pode ser visto com maus olhos, por fugir da estabilidade do mercado tradicional, para outros, a situação pode ser contrária, com as criptomoedas sendo vistas como uma porta para maiores investimentos e melhores resultados em cima disso.

É graças ao interesse do segundo grupo citado que o mercado das moedas digitais vem conquistando uma importância cada vez maior, a ponto até mesmo de ser aceito como um dinheiro a ser usado em diversas transações, o que inclui um pedido em um restaurante.

A popularidade das criptomoedas faz com que tais aplicações possam ser usadas não apenas em plataformas virtuais de vendas, podendo ser aceito também em negócios físicos e modernos, tal como a oferta de curso nr10 presencial às empresas, por exemplo.

Tudo isso é possível graças à expansão do mercado das criptomoedas, sendo importante então conhecer melhor o seu funcionamento para compreender se tal área pode acabar tendo algum tipo de valor positivo para os seus negócios ou investimentos pessoais.

O mercado das criptomoedas

A criptomoeda se trata de uma moeda digital, cuja cada unidade está associada a um valor específico, tal como ocorre com as notas físicas de dólares, reais ou qualquer outro tipo de sistema monetário a ser usado no cenário global.

O que diferencia a criptomoeda desses outros tipos de dinheiro está no sistema fechado onde essas moedas podem ser trocadas, compradas ou vendidas, com a sua segurança partindo justamente desse ambiente protegido onde tais recursos podem ser negociados.

Com o crescimento desse mercado financeiro digital cada vez mais é possível ver novas moedas digitais entrando em circulação, cada uma contando com um sistema próprio onde pode ser definido o seu valor e assim garantir a sua proteção dentro do mercado.

Ao falar sobre criptomoedas normalmente se pensa no conceito do Bitcoin, por se tratar da moeda digital mais popular no meio, no entanto, essa não é a única opção que pode ser encontrada por quem pensa em investir nesse cenário, sendo possível citar outras como:

  • Ethereum;
  • Tether;
  • Binance Coin;
  • Dogecoin.

Cada uma delas pode se destacar graças a um sistema particular, sendo então moedas que podem fazer parte da carteira de investimentos de uma pessoa, como pode também servir como um componente de destaque para quem atua com a usinagem de engrenagem.

Esse exemplo da indústria é apenas um entre diversos que podem fazer parte da realidade do mercado atual, já que o interesse pelas criptomoedas é capaz de chegar aos mais diversos tipos de empreendimento, adotando assim uma diversificação de suas ações.

Tal procura por essas moedas ocorre então por causa de uma série de benefícios que podem estar associados ao uso das criptomoedas, sendo possível dar destaque para certas vantagens, entre elas:

  • Diversidade de investimentos;
  • Maior flexibilidade;
  • Segurança das moedas;
  • Sistema descentralizado.

Tudo isso pode fazer com que medidor de camada de tinta tenha até mesmo o seu valor afetado no mercado, dependendo apenas de que seu fornecedor passe a investir os rendimentos da empresa junto a um sistema de criptomoedas.

Agora, na mesma medida em que esse mercado monetário digital vem crescendo em popularidade, tornando-se em uma saída formal de investimento, dentro dessas criptomoedas é possível encontrar versões que surgiram exatamente como uma piada.

Humor lucrativo: o mercado dos memecoins

Quando citamos as principais criptomoedas disponíveis hoje no mercado, é importante dar destaque para uma em específico que é o dogecoin, isso por que ela surgiu de forma muita mais excêntrica se comparada às outras moedas que funcionam no sistema digital.

Criada por Billy Markus e Jackson Palme em 2013, essa moeda é conhecida por estampar o meme “doge”, um termo carismático para se referir a um cachorro, utilizando a imagem do canino de nome Kabosu que se tornou uma piada bastante popular na internet.

O intuito dessa moeda era contar com um sistema paralelo, surgindo quase como uma piada dentro do cenário das criptomoedas, porém a sua aplicação se tornou tão popular que de fato acabou se tornando em um ativo digital de grande repercussão e desempenho.

Tudo isso fez com que a dogecoin desse origem a muitas outras criptomoedas que seguem esse modelo de “piada”, porém, possuem um valor comercial real, sendo elas chamadas de memecoins, ou seja, moedas de meme, as tradicionais anedotas da internet.

A questão é que da mesma forma em que um serviço de montagem de câmara frigorífica pode se encontrar em baixa ou alta, dependendo do crescimento da área fabril de uma região, o mesmo é capaz de ocorrer com esses memecoins.

O valor positivo de se investir nesse tipo de moeda está no alto rendimento que elas podem alcançar, porém, tal como uma piada na internet, assim como um meme pode subir ele também pode cair na mesma velocidade, e o mesmo ocorre com o valor dessas moedas.

Isso acaba apontando também para o seu valor dinâmico, sendo um investimento de risco que pode atrair bastante empreendedores, pois mesmo tendo uma base cômica, seu funcionamento responde a toda legalidade que se associa às criptomoedas.

Dito isso, investir nesse tipo de moeda é algo que pode ser reconhecido como uma possibilidade de investimento tanto para um indivíduo comum como também para um distribuidor de papel higiênico, sendo preciso apenas conhecer quais são essas opções.

Os tipos de memecoins que estão disponíveis

A dogecoin abriu portas para que muitas outras moedas digitais baseadas no humor pudessem deslanchar no mercado, sendo indicado conhecer algumas delas para saber quais são as oportunidades de investimento diversificadas que podem estar disponíveis.

Shiba Inu

Surgindo como uma rival direta da dogecoin, a Shiba Inu recebe esse nome justamente por causa do nome da raça do cachorro que estampa a principal memecoin disponível no mercado e assim como ela acabou por conquistar o seu valor comercial.

Esse acaba sendo também um exemplo da diversificação das criptomoedas, onde até mesmo aquela que surge como uma piada alternativa pode dar origem a outras opções de investimento.

Vira-Lata Finance (REAU)

Até mesmo o Brasil, conhecido pelo seu apelo pelo humor na internet, pode contar com a sua própria memecoin, sendo o caso da Vira-Lata Finance, que surgiu como uma resposta ao movimento que pedia que um vira lata de cor caramelo estampasse a moeda nacional.

Frente a isso um serviço de fundição de ferro no país pode escolher por uma moeda digital própria para aplicar parte dos seus investimentos.

Baby doge

Ainda em terras brasileiras é importante citar o caso de uma memecoin estrangeira que fez sucesso por aqui, que é o caso do Baby Doge. Essa criptomoeda se assemelha ao Doge coin, porém contando com a imagem de cachorro ainda filhote.

Em uma análise feita pela CoinGecko, uma empresa que realiza análises sobre o mercado das criptomoedas, foi identificado que em dezembro de 2022 a Baby Doge não só teve um apelo no Brasil como chegou a liderar o mercado de investimentos neste mês.

Baseado em todas essas oportunidades é que se torna válido conhecer as memecoins, pois mesmo surgindo como uma espécie de moeda, esses ativos digitais podem receber um grande valor dentro de um cenário comercial de grande complexidade.

Com isso em mente, da mesma forma em que a busca por lTCAT valor é importante para garantir a gestão correta de um empreendimento, o mesmo deve ser feito em relação às criptomoedas, para ter acesso a oportunidades que apenas as memecoins podem trazer.
Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Compartilhe agora

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *