Wonderland, projeto de DeFi, deve acabar, diz co-fundador

Wonderland falhou, diz co-fundador do DeFi.

Daniele Sestagalli, co-fundador da Wonderland, protocolo de finanças descentralizadas (DeFi), disse que o projeto está chegando ao fim. “Isso está claro com, com o voto, que a comunidade está dividida. Se não podemos chegar a um acordo sobre continuar ou não, significa que falhamos”, afirmou. A tal votação aconteceu depois que ele pediu ao seu antigo sócio e criminoso, Michael Patryn, sair do projeto.

Esse pedido aconteceu na semana passada. Patryn cuidava das finanças do Wonderland e usa o pseudônimo ‘0xSifu’. Acontece que ele já mudou de nome várias vezes e na última semana descobriu-se que ele é um criminoso. Isso porque foi o co-fundador da QuadrigaCX, uma bolsa de criptos do Canadá que faliu. E antes disso, já tinha sido condenado por fraudes com cartões de crédito. Além de ser acusado por outros crimes nos anos 2000.

O Wonderland foi feito na plataforma Avalanche. De acordo com Sestagalli, a obrigação da equipe do protocolo é fazer a vontade de quem tem os tokens da rede. A votação ficou perto de 50/50. Portanto, há apenas um caminho, “que é reembolsar e encontrar uma nova casa para quem se sente conectado e em linha com a Frog Nation Vision”.

E afirmou ainda que “não concorda com a continuidade do experimento. Estou trabalhando com a equipe numa nova proposta. Me dei conta disso porque ontem à noite (27), e pela primeira vez, vi cenários menos tóxicos e com mais futuro”. E afirmou, ainda, que não apoia as ações de Sifu na Discord. Segundo ele, a Wonderland pode acabar, mas a Frog Nation continua viva.

A TIME, moeda da Wonderland, tem um valor de mercado total de R$ 117,2 milhões. O valor começou a se recuperar ontem à noite, após os tweets de Sestagalli. A moeda despencou na semana passada para cerca de um terço de seu valor. Chegou à faixa de R$ 1.800. Hoje pela manhã (31), estava em cerca de R$ 2.200, ainda menos da metade dos R$ 4.700 do início da semana passada.

Compartilhe agora

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *