Claudia Mancini
é jornalista e cientista política, especializada em negócios, blockchain e economia digital

Visa cria programa que dará suporte a criadores de NFTs

Ex-jogador Micah Johnson ajudará Visa em programa de NFTs. Foto:

A Visa anunciou hoje (13) um programa para incentivar artistas a entenderem, criarem e venderem tokens não fungíveis (NFTs). Para isso, abriu uma seleção para escolher o primeiro grupo de criadores. Além disso, fez parceria com o ex-jogador de baseball Micah Johnson, que se tornou um cripto artista.

Em agosto passado, a Visa anunciou que atuaria no segmento de NFTs, que movimentou US$ 1,5 bilhão no primeiro trimestre. Foi quando contou que comprou o CryptoPunk 7610, um dos primeiros NFTs que apareceram no mercado. A compra de NFTs também já é vendida por meio de cartões de crédito, por exemplo. E trazem para redes de pagamentos criadores que, em boa parte, estão fora delas.

De acordo com Cuy Sheffield, responsável pela área de critptomoedas da Visa, “No curto prazo, queremos ajudar marcas e empresas a entenderem melhor os NFTs e a usá-los para engajar clientes e fãs”, disse o executivo na época. “Para o futuro, estamos trabalhando em novos conceitos e parcerias para apoiar compradores, vendedores e criadores de NFT.”

Aku, Micah Johnson's NFT character, wearing a space helmet, exploring a pink and blue futuristic world
Imagem de uma série de Micah Johnson, sobre um garoto negro que sonha ser astronauta.

Já a chamada economia dos criadores, que a Visa quer incentivar, tem mais de 5 milhões de pessoas em todo o mundo, segundo estimativas como a da SignalFire, que opera com startups.

A Visa vai patrocinar esse grupo pequeno de criadores e dar consultoria para que atue em cripto e em infraestrutura tradicionais de pagamentos. “Também vamos aumentar o relacionamento entre criadores e nossos parceiros nas redes de pagamentos”, afirmou a empresa em comunicado. Assim, esses criadores, que incluem artistas e influenciadores digitais, por exemplo, poderão atingir novos públicos e crescer seus negócios.

“Queremos ajudar os criadores com os recursos que precisam para estar à frente dessa revolução”, afirmou Johnson.

0 Comentários

Deixe um comentário

XHTML: Você pode usar estas tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>