Tether investe em produção de energia e mineração de bitcoin no Uruguai

Montevidéu, capital do Uruguai. Foto: Guillermo Vuljevas, Unsplash.

A Tether anunciou que está investindo na produção de energia renovável no lançamento de operações sustentáveis de mineração de bitcoin no Uruguai, em colaboração com uma empresa local. Assim, abriu mais uma frente de negócios além de finanças e comunicações: a de energia. A mineração da criptomoeda é muito criticada por exigem alta capacidade dos computadores e, por tabela, consumo de energia.

A empresa diz que optou pelo Uruguai porque 94% da energia do país é renovável, em especial eólica e solar e tem recursos renováveis abundantes. O país “oferece condições ideais para a produção de energia renovável, facilitando o estabelecimento de parques eólicos, parques solares e projetos hidrelétricos, garantindo um suprimento consistente de energia limpa e ecologicamente correta”, diz a Tether num comunicado. Além disso, o Uruguai possui um sistema de rede robusto e capaz de atender às demandas dos setores modernos, afirma.

Para fazer esse projeto, a Tether está contratando especialistas no setor de energia. Quem tiver interesse pode acessar o site https://tether.recruitee.com/energy .

“Ao aproveitar as capacidades de energia renovável do Uruguai, a Tether está liderando o caminho da mineração sustentável e responsável de bitcoin”, diz Paolo Ardoino, CTO da Tether. De acordo com o executivo, a mineração com energia renovável mantém a segurança e integridade da rede Bitcoin.

Tether expande presença na Geórgia

A Tether também anunciou que está expandindo sua presença na Geórgia, com um investimento na CityPay.io, uma empresa líder em processamento de pagamentos e ativa em mais de 600 locais em todo o país, incluindo lojas, hotéis, restaurantes e muito mais. O país tem tido um rápido crescimento em criptomoedas e com viés favorável ao setor, diz a Tether. Em julho de 2022, um estudo da Forex Suggest classificou a Geórgia em quarto lugar em uma lista das nações mais preparadas para criptomoedas do mundo.

Compartilhe agora

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *