Claudia Mancini
é jornalista e cientista política, especializada em negócios, blockchain e economia digital

Suíça autoriza primeiro fundo com foco em criptativos

Suíça diz que criptoativos devem ser de plataformas estabelecidas e com grandes volumes.

A Suíça aprovou o primeiro fundo que investe principalmente em criptoativos. O fundo Crypto Market Index estará restrito a investidores qualificados. Além disso, está na categoria “outros fundos para investimentos alternativos”, segundo o regulador, a Autoridade Supervisora do Mercado Financeiro Suíço (FINMA).

“Uma vez que criptoativos envolvem riscos particulares, a FINMA relacionou a aprovação a requerimentos específicos. Por exemplo, o fundo só pode investir em criptoativos estabelecidos com um volume suficientemente grande de negociações”, diz o comunicado do regulador.

Assim como os investimentos devem ocorrer por meio de contrapartes estabelecidas e plataformas num país membro da Financial Action Task Force (FATF). E, ainda, devem estar sujeitos `às leis anti-lavagem de dinheiro.

De acordo com o comunicado, há ainda requisitos específicos sobre o gerenciamento de risco e ao reporte às instituições que fazem o gerenciamento e a custódia.

0 Comentários

Deixe um comentário

XHTML: Você pode usar estas tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>