Claudia Mancini
é jornalista e cientista política, especializada em negócios, blockchain e economia digital

Square, do fundador do Twitter, compra mais bitcoins; cripto representa 5% de seu caixa

Jack Dorsey, CEO da Square e Twitter, é fã de bitcoin.

A Square, empresa de pagamentos comandada por Jack Dorsey, também CEO do Twitter, comprou mais bitcoins. Foram cerca de 3,318 bitcoins. O valor da compra foi de US$ 170 milhões.

Em outubro passado, a empresa anunciou que tinha comprado US$ 50 milhões em bitcoins. Isso representa, agora, cerca de 5% do total do caixa, do equivalente de caixa e títulos e dos valores mobiliários negociáveis.

“O investimento é parte do compromisso da Square com bitcoin”, disse a empresa em comunicado. A Square informou ainda que planeja sempre avaliar seu investimento agregado em bitcoin em relação aos outros investimentos. Isso significa que pode comprar mais bitcoins.

O anúncio aconteceu hoje (23), junto com a divulgação do seu balanço de 2020. De acordo com o comunicado, a empresa “acredita que criptomoeda é um instrumento de empoderamento econômico”. Isso porque permitorá às pessoas participarem do sistema financeiro e cuidarem de suas finanças.

Dorsey é um fá de bitcoin há muito tempo. Quando a MicroStrategy anunciou que estava comprando bitcoins, o criador do Twitter fez o mesmo caminho. Foi quando a Square comprou os US$ 50 milhões em bitcoins.

No início deste mês, Dorsey anunciou que roda um nó na rede bitcoin. Já no último dia 12, anunciou que criou um fundo para desenvolvimento de bitcoin na África e na Índia. Ele e o rapper Jay-Z, seu parceiro na empreitada, colocaram 500 btcs no fundo.

Além disso, Dorsey criou um braço da Square, a Square Crypto, que apoia desenvolvedores e designers de bitcoin aberto. Também anunciou investimento de US$ 10 milhões para impulsionar o uso de energia renovável na rede bitcoin.

0 Comentários

Deixe um comentário

XHTML: Você pode usar estas tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>