Mercado de Criptomoedas por TradingView

Recorde de US$ 423 milhões que saíram de investimentos atrelados a criptos; fluxo positivo no Brasil

Os investimentos atrelados a criptomoedas registraram uma saída recorde de US$ 423 milhões na semana passada. Foi a maior saída, de longe, desde que se faz o levantamento, de acordo com o relatório semanal da CoinShares. E esse saldo de saídas foi basicamente por causa dos US$ 453 milhões que fugiram de bitcoin. Já o Brasil teve entradas de US$ 1,6 milhão na semana, US$ 12,7 milhões no mês e US$ 146,3 milhões no ano. Com isso, soma US$ 270 milhões em ativos sob gestão (AUM, na sigla em inglês).

As saídas, segundo a CoinShares, aconteceram no último dia 17, mas se refletiram no desempenho da última semana em função, em parte, da queda de preço da principal cripto, que chegou à faixa de US$ 17,7 mil no final de semana, e à demora nas informações de negociações. E como na semana anterior, quem puxou o saldo geral para baixo foi o Canadá, com saídas de US$ 487,5 milhões.

Na contramão desse movimento estavam os contratos short de bitcoin, ou seja, aqueles em que o investidor aluga ou vende um ativo que não tem. Isso porque acredita que quando comprar o ativo para devolvê-lo ou entregá-lo a quem o comprou, vai pagar um preço menor do que quando essa operação toda começou. No último dia 20 de junho, a ProShares lançou o primeiro contrato desse tipo nos EUA.

Compartilhe agora

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.