Mercado de Criptomoedas por TradingView

ProShares lança fundos para quem apostará na queda de preço do bitcoin

ProShares diz que a queda atual de preços mostrou potencial do produto.

A ProShares, provedoras de fundos dos Estados Unidos (EUA) lança nesta terça-feira (21) dois produtos para quem quer ganhar dinheiro com a queda do preço do bitcoin. Um deles é um fundo de índice em bolsa (ETF) e o outro é um fundo mútuo. Ambos estão na categoria de investimentos que o mercado chama de venda “short”, ou a descoberto. A empresa faz o lançamento num dos momentos mais propícios para defender o potencial do produto, considerando que a cripto teve forte queda nos últimos meses e no final de semana passado bateu na faixa de US$ 18 mil.

“Como os últimos tempos mostraram, o preço do bitcoin pode cair”, afirmou o CEO da empresa, Michael Sapir. A empresa foi a primeira a lançar um ETF de bitcoin naquele país, em outubro de 2021.

Na venda a descoberto, o investidor aluga um ativo ou vende um ativo que não tem. Isso porque acredita que quando comprar o ativo para devolvê-lo ou entregá-lo a quem o comprou, vai pagar um preço menor do que quando essa operação toda começou.

O ETF é o ProShares Short Bitcoin Strategy (BITI). Para Sapir, é um produto para resolver o desafio de ter uma posição a descoberto com bitcoin. “Isso pode ser oneroso e caro para muitos investidores”, disse em comunicado. E é conveniente porque se faz a operação por meio de uma conta tradicional de corretora. Assim, o BITI é feito para entregar o desempenho oposto do S&P CME Bitcoin Futures Index. Desde 31 de janeiro deste ano, quando foi lançado, o retorno do índice é negativo em 55,38%, portanto, esse seria o ganho do ETF no período. A exposição é a contratos futuros de bitcoin.

O fundo mútuo Short Bitcoin Strategy ProFund, em que há o gerenciamento profissional do investimento e pessoas compram e vendem suas cotas, terá o mesmo objetivo de investimento do BITI. Quem está lançando é a ProFunds, afiliada da ProShares.

Quando lançou o BITO, seu ETF de bitcoin, a ProShares atraiu mais de US$ 1 bilhão em ativos em dois dias. Foi o que o mercado considerou o lançamento mais bem sucedido da história dos ETFs. E arregalou os olhos de muita gente sobre a entrada dos EUA nesse segmento. Antes disso, em julho de 2021, a empresa tinha lançado um fundo mútuo ligado a bitcoin, o primeiro do país também, o BTCFX.

ProShares has been at the forefront of the ETF revolution since 2006. ProShares now offers one of the largest lineups of ETFs, and along with its affiliates manages more than $50 billion in assets. The company is the leader in strategies such as dividend growth, interest rate hedged bond, thematics and geared (leveraged and inverse) ETF investing. ProShares continues to innovate with products that provide strategic and tactical opportunities for investors to manage risk and enhance returns.

*Based on assets under management of May 31, 2022

Compartilhe agora

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.