Mercado de Criptomoedas por TradingView

Preço do bitcoin passa a quarta-feira (20) se sustentado em faixa recorde

Foto: Unsplash.

O preço do bitcoin se sustentou em níveis recordes nesta quarta-feira (20), com a animação do mercado após o lançamento, ontem, do primeiro fundo de índice de criptomoeda (ETF) nos Estados Unidos (EUA). A partir das 10h45, passou o dia na faixa de US$ 64,9 mil a US$ 66,9 mil (cerca de R$ 357 mil a R$ 368 mil), portanto, acima do recorde anterior de US$ 64,8 mil, de abril passado.

Daqui para frente, há quem acredite que o rally que acontece nos finais de ano pode se repetir e assim, o valor subiria de novo. Mas, como sempre isso não é certo, ainda mais num ativo tão volátil.

Não foi tão fácil chegar ao novo recorde de preço, já que bitcoin despencou durante o ano com as iniciativas da China. Primeiro, o país buscou restringir a mineração e depois, a negociação de criptomoedas. A queda de preço foi de cerca de 50%.

O investidor bilionário e que tem bitcoin em seu portflio, Paul Tudor Jones, disse à CNBC que vê, hoje, criptomoedas como melhor do que o ouro para proteção (hedge, em inglês) contra inflação.

De acordo com João Marco Cunha, gestor de portfólio da Hashdex, “a aprovação do ETF tem dois aspectos extremamente relevantes. O primeiro é a facilitação do acesso a investimentos em cripto para uma ampla gama de investidores americanos, bastante acostumados às bolsas de valores”.

Mas, argumenta ainda, “o segundo e, talvez, mais relevante é a chancela do regulador do maior mercado de capitais do mundo. Isso porque mostra que os criptoativos estão em uma fase de maior maturidade como classe de ativos”.

Às 22h15, a cotação de bitcoin estava em US$ 65,5 mil.

Compartilhe agora

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.