Claudia Mancini
é jornalista e cientista política, especializada em negócios, blockchain e economia digital

PayPal aceitará compra, venda e financiamento em criptomoedas

No primeiro semestre de 2021, serviços serão lançados em outros países.

O PayPal, que no ano passado lançou, e logo depois desistiu de fazer parte do projeto da moeda Libra, com o Facebook, anunciou hoje (21) um serviço para que seus clientes nos Estados Unidos (EUA) possam comprar, vender e guardar criptomoedas em suas contas na plataforma da empresa. Além disso planeja oferecer financiamento em criptos a partir do primeiro semestre de 2021 para compras em seus 26 milhões de lojistas credenciados. As criptos serão convertidas em moedas fiat para esses financiamentos.

“A mudança para moedas digitais (no mundo) é inevitável, disse o presidente e CEO do PayPal, Dan Schulman. “Queremos trabalhar com bancos centrais e reguladores para oferecer apoio e contribuir na definição do papel que as moedas digitais terão no futuro das finanças e do comércio globais.” Para um relatório da União Europeia, a empresa já havia dito que estava trabalhando em projetos com criptomoedas

O projeto começa com o uso de Bitcoin, Ethereum, Bitcoin Cash e Litecoin nos EUA, numa parceria com a Paxos Trust Company. O serviço será gratuito para compra e venda de moedas até o final do ano. A ideia é estender o serviço para o aplicativo Venmo, da PayPal, e para outros países no primeiro semestre de 2021.

Para evitar a barreira ligada a desconhecimento e medo, a PayPal vai entregar conteúdo educacional a seus clientes sobre o ecossistema de criptomoedas, riscos e oportunidades e informação sobre a tecnologia blockchain. Com isso, também deixa claro que avisou de antemão os clientes sobre benefícios e problemas.

Bitlicense temporária

A empresa disse ainda que recebeu uma Bitlicense temporária do New York State Department of Financial Services (NYDFS). Linda A. Lacewell, superintendente da NYDFS, afirmou que o departamento continuará a encorajar provedores de serviços financeiros a operar, crescer e se manterem em Nova York e vai trabalhar com inovadores para permitir que criem e testem ideas.

Muitos analistas dizem que sem utilidade em compras de produtos e serviços, as criptomoedas ficarão isoladas num grupo de usuários. Ao adotar a moeda, o PayPal pode ajudar a frear o medo do desconhecido e outros limitações para o uso, como a alta volatilidade dessa moedas. O movimento da empresa, assim como da Visa e Mastercard, para uso de criptos, podem começar a mudar esse cenário.

No comunicado de lançamento do serviço, o PayPal cita o crescimento do uso de moedas criptografadas e o fato de que 1 em cada dez bancos centrais do mundo estudar ter uma moeda digital e podem lançar suas moedas em até três anos.

Em 2019, a PayPal Ventures injetou recursos na TRM Labs, focada em combate a fraudes com criptomoedas, e na Cambridge Blockchain, que trabalha com gerenciamento de identidade.

2 Comentários

    1. Olá, Sílvia, o presidente do BC disse que poderemos ter uma moeda digital em 2022. Mas seria apenas para transações para turismo, ou seja, que vem de fora e quer viajar aqui. Essa moeda não tem, portanto, relação com tokens como os da Treep.

Deixe um comentário

XHTML: Você pode usar estas tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>