Osten Group cria braço para vender carros de luxo com pagamentos em criptomoedas

Imagem: Sergei Tokmakov Terms.Law

A Osten Group, que comercializa veículos de luxo, e a Osten Moove, aceleradora e venture capital, criaram a Osten Cripto, braço. O objetivo é permitir a compra de modelos elétricos da BMW, BYD e da Tesla com criptomoedas como bitcoin e ethereum e stablecoins, que a empresa vai aceitar diretamente. Portanto, a operação é diferente de boa parte dos pagamentos que permitem o uso de criptomoedas que o comprador tem na carteira, mas que são convertidos em reais para envio aos comerciantes.

O co-fundador e CEO da Osten Moove é Fabiano Nagamatsu, que também é co-fundador da InspireIP, de soluções blockchain, do Angel Investor Club e do e primeiro aplicativo de mensagem instantânea brasileiro, e diretor da Alumni Inovativa Hub. “O mercado de compra por criptomoeda já é uma realidade e deve crescer ainda mais, principalmente junto ao público de alto poder aquisitivo e a jovens e influenciadores que negociam em ativos digitais”, afirma Nagamatsu,

Para comprar com criptomoedas, depois de assinar o contrato de compra do veículo e realizar os trâmites administrativos, o cliente recebe a hash da carteira digital da Osten Group, a mesma que será informada no contrato. O comprador faz a conversão de reais para stablecoins (moedas estáveis). Atualmente, a preferência é por operações com exchanges mais alinhadas a lei 14.478, que rege as empresas de serviços com criptoativos e que entra em vigor no próximo dia 20, disse a empresa ao Blocknews.

O primeiro carro que a empresa vendeu aceitando cripto foi um Tesla S Plaid ao preço de cerca de R$ 1,5 milhão, o equivalente a 11,5 bitcoins. Por enquanto, os modelos disponíveis têm preços de R$ 340 mil a R$ 1,5 milhão. A venda começou com os elétricos porque tem a ver com a personalidade do público que investe em ativos digitais e em carros diferenciados. Mas, a previsão é ampliar a oferta para os veículos a combustão e também para o serviço de assinatura”, disse Jorge Yamaniski Neto, Diretor Geral do Osten Group.

A empresa está de olho no público AAA com perfil mais voltado a tecnologia, o que inclui gamers, traders e investidores de criptomoedas. Assim, espera um aumento de R$ 10 milhões na sua receita anual, para R$ 50 milhões. A previsão leva em conta fatores como interesse maior desse público por carros elétricos e de demonstração de interesse de clientes em usar criptos.

O comprador também recebe um NFT com a documentações do automóvel, fotos e código para destravar benefícios personalizados na Osten Group. Entre os benefícios há descontos em serviços, vestuários e acessórios.

Compartilhe agora

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *