Novo prefeito de Nova York abre disputa com o de Miami pelo setor de criptomoedas

Nova York quer ser centro de criptomoedas, apesar de fortes regulações.

A cidade de Nova York não apenas escolheu como prefeito o segundo negro a comandar umas das cidades mais ricas do mundo. O democrata Eric Adams é também pró-criptomoedas e prometeu que transformará a cidade no centro do setor, inclusive olhando as regulações que considera muito exigentes. E para dar o exemplo, avisou que seus três primeiros salários serão em bitcoin.

O anúncio de apoio a criptomoedas em Nova York foi uma resposta e uma provocação ao recém reeleito prefeito de Miami. Francis Suarez anunciou, na última terça-feira (2), que seu próximo pagamento será em bitcoin. O também prefeito pró-cripto disse que era o único líder político que receberia salário em bitcoin. Portanto, não é mais.

Mas, a provocação está não só nisso. Está também no fato de que Suarez tem o mesmo plano de transformar Miami num grande hub de criptomoedas. A cidade já recebe receita da MiamiCoin – desde agosto já soma US$ 7 milhões (cerca de R$ 40 milhões). A moeda é uma parceria com o protocolo CityCoin. Assim, quem minera uma moeda envia 30% como receita para uma cidade.

Desde sua campanha, Adams promete fortalecer o setor. Disse que vai olhar para a regulação de criptomoedas, que é rígida, porque a considera excessiva e uma barreira ao crescimento do setor em Nova York.

“Em Nova York, sempre fazemos coisas grandes”, disse Adams num tweet. E prometeu que fará da cidade o centro não apenas das criptomoedas, mas também de outros setores inovadores e que crescem rapidamente. “Apenas esperem!”, completou.

Compartilhe agora

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *