NFT.Brasil acontece de 2 a 4 de junho com palestras, exposição e skatista Bob Burnquist

CryptoPunks, Surf Junkie Club e Nouns. Imagem: NFT.Brasil

São Paulo será a sede do NFT.Brasil nos dias 2, 3 e 4 de junho. O evento busca ir além da discussão sobre tokens não-fungíveis em arte. Assim, vai tratar de temas como o potencial impacto dessas criptos em projetos ambientais e sociais, na autenticação, certificação, acesso e automatização. Um dos sócios do evento é skatista Bob Burnquist, que fará o lançamento oficial de sua coleção de NFTs em parceria com a Reserva.

O Brasil é o segundo maior mercado de NFTs do mundo. Com 5 milhões de proprietários de tokens, só está atrás da Tailândia, que tem 5,6 milhões, de acordo com a Statista. Depois vêm Estados Unidos, China, Canadá e Alemanha. O mercado NFT possui um valor de mercado total de mais de US$ 11,3 bilhões, segundo relatório publicado pela Verified Market Research (VMR). A projeção é de um crescimento anual composto de 33,7% nos próximos oito anos e valor de mercado de US$ 231 bilhões até 2030. 

“As novas tecnologias da internet descentralizada podem criar oportunidades de mercado que ainda não chegaram ao Brasil. Queremos que o evento seja o principal agregador de comunidades e projetos da área, estimulando o protagonismo nacional na cena global ”, diz Edvam Filho, Co-Founder do NFT.Rio e da Carabela, Co-realizadora do NFT.Rio.

NFT.Brasil estará também no metaverso

A organização do NFT.Brasil prevê que 20 mil pessoas irão ao evento, que terá palestras e debates de mais de 100 especialistas do Brasil e do exterior. O Blocknews participará no painel “Os colecionáveis do futuro: a tecnologia “Phygital” e as novas formas de colecionar”. O evento inclui também a Exposição Internacional de NFTs que apresentará a ‘Expo Educativa’. Nele, serão apresentados conceitos e cronologia desde o surgimento da internet às novas ferramentas da Web3. Além disso, haverá a ‘Expo Artística e Interativa’, com mais de 100 artistas nacionais e internacionais e 50 coleções de obras em NFT. Também haverá a ‘Expo Imersiva’, para uma experiência sensorial com arte imersiva e o ‘Espaço de Gaming VR/AR’.

“O evento será um momento de conexões para quem busca estar por dentro e de quem já está construindo a Web3 no Brasil e no mundo, queremos marcar presença nos calendários internacionais de eventos ” completa Lucas Santiago, NFT.Brasil e diretor na Carabela.

De acordo com Marco Affonseca, gestor do MAAC Hub, casa de inovação focada em Web3 e NFT em São Paulo e co-organizador do NFT.Brasil, o objetivo com o evento é “proporcionar momentos de conexão entre o universo do NFT, as marcas e os diferentes perfis de público”.

Parte da receita vai para G10Favelas

O NFT.Brasil fez uma parceria com o G10Favelas, que reúne 10 favelas de São Paulo, que permitirá a jovens de regiões periféricas visitem o evento, para conhecer sobre NFTs e suas aplicabilidades. Além disso, os organizadores do evento vão reverter parte da receita do evento em investimentos em ações nas favelas do G10.

O evento será híbrido e descentralizado e terá dois espaços no metaverso, nos quais é possível visitar a exposição de obras digitais desde o último dia 10. Para isso, é preciso acessar o site doNFT.Brasil. O ingresso será um NFT que dará benefícios para os donos desses ativos digitais. O token se transformará em uma arte exclusiva do encontro. Os ingressos para os três dias de evento custam R$ 300,00 e estão disponíveis no site oficial do NFT.Brasil. Os ingressos para a exposição estão à venda no site https://ticketfacil.com.br/

Compartilhe agora

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *